Artilheiro do Guarani no Paulistão quer time focado na briga por vaga


A três rodadas do encerramento da primeira fase do Campeonato Paulista, o Guarani segue na briga por uma das vagas para as quartas de final da competição. Artilheiro do time no estadual com cinco gols, Júnior Todinho falou sobre essa reta final e dos objetivos da equipe para os próximos desafios.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão clicando aqui

- Estamos talvez no grupo mais equilibrado do Campeonato Paulista. Porque todas as equipes tem chances reais de classificação. Vamos lutar para que possamos sair com uma vaga, esse sempre foi o nosso objetivo inicial. O mais importante é que o time está jogando bem e estamos conseguindo vencer. Torcedor pode ter certeza que vamos dar o nosso máximo nesses três próximos jogos para continuar na briga pela classificação. Começando na próxima segunda no clássico contra a Ponte Preta, que será como uma final para nós - avaliou.




O atacante de 26 anos foi destaque no Cuiabá na Série B do Campeonato Brasileiro de 2019. Pelo clube mato-grossense, o atleta fez 19 jogos e foi o artilheiro da equipe com seis gols. Em 2020, o jogador já marcou cinco gols em oito jogos no Paulistão. Na última partida do Bugre, na vitória do time por 2 a 0 sobre o Ituano, Todinho foi o responsável pelos dois tentos.

- Muito feliz com esses gols. Treino muito forte diariamente para conseguir desempenhar um bom futebol dentro de campo. Mas divido esse mérito também com meus companheiros e com toda a comissão técnica, que nos prepara para qualquer desafio e nos dá toda a confiança necessária - contou.

Neste momento, o Guarani ocupa a segunda colocação do Grupo D da competição, com 13 pontos em nove jogos. O Red Bull Bragantino é líder da chave com 14 pontos. Em terceiro lugar está a Ferroviária com dez. O Corinthians fecha o grupo com o mesmo número de pontos.

A equipe do Bugre volta a entrar em campo na próxima segunda-feira, para encarar a Ponte Preta no clássico da cidade de Campinas. Os rivais se enfrentam às 20h, no estádio Brinco de Ouro da Princesa. Esse será o primeiro clássico campineiro do jogador.

- A ansiedade existe sim, sei da rivalidade e sei que será um jogo muito pegado. Mas vamos encarar essa partida como uma final, assim como estamos fazendo desde o começo. Muito focados, com os pés no chão e respeitando nosso adversário - finalizou.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também