Arthur Zanetti faz implante capilar e diz que se emocionou com resultado: 'Eu me sentia incomodado'

·1 min de leitura


O ginasta campeão olímpico nas argolas (Londres 2012) Arthur Zanetti passou por um procedimento estético para corrigir a calvície, em São Paulo. O atleta afirmou que a queda de cabelo era algo que o incomodava e que se emocionou ao conferir o resultado do implante capilar.

- Ultrapassou todas as minhas expectativas. Eu não sou uma pessoa velha, mas também já não sou tão jovem, e toda vez que eu olhava as entradas e a parte da coroa eu me sentia incomodado. Confesso que depois que olhei no espelho quase chorei, pois era exatamente o que eu queria e estava precisando - disse.

A técnica utilizada para o transplante do atleta é a FUE (extração de folículos capilares). Esse tipo de procedimento é pouco invasivo e a recuperação é tranquila, exigindo cuidados específicos, como compressas e manter uma altura elevada da cabeça enquanto estiver deitado. O resultado pode ser visto no período entre 3 e 12 meses.

Além do Ouro em Londres, Zanetti conquistou a medalha de prata nos Jogos do Rio em 2016, no mesmo aparelho. Em Tóquio, Zanetti acabou ficando fora do pódio e deu entrevista após a competição dizendo que queria aproveitar mais a vida pessoal com a família.

- A gente já fez o nosso papel, lá em 2012. O que viesse a partir de então era lucro (...) Agora eu não penso em mais nada, só estou querendo dar uma descansada. Não sei do ano que vem, não sei desse ano. Agora é dar uma relaxada na cabeça, não no corpo. A mente está precisando, Olimpíadas desgastam demais - disse, à época.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos