Arsenal viaja para Dubai, mas deixa Aubameyang na Inglaterra

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Aubameyang é o novo reforço do Barcelona (Foto: PAUL CHILDS / POOL / AFP)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Arsenal aproveitou a pausa na Premier League e viajou para Dubai com o objetivo de realizar uma mini pré-temporada, mas Aubameyang foi deixado em Londres e treina sozinho, segundo o "The Telegraph". O atacante não parece estar nos planos do técnico Mikel Arteta para o futuro dos Gunners.

Os Gunners buscam negociar uma saída para o centroavante, que recebe um salário de 350 mil libras (R$ 2,1 milhões) por semana. O Al-Nassr, clube da Arábia Saudita, demonstrou interesse em contar com o camisa 14, mas o atleta não tem interesse em atuar no mundo árabe.

> Veja a tabela da Premier League

Embora a oferta do Al-Nassrs fosse a mais interessante, por cobrir o salário integral do jogador, o Arsenal deve buscar pretendentes na Europa. No entanto, o clube inglês deve ter que arcar com parte do ordenado do centroavante, que tem contrato até 2023.

Desde dezembro, Aubameyang não entra em campo após cometer uma violação disciplinar. Neste período, os Gunners buscaram a contratação de um novo atacante, mas esbarraram em diversas negativas, embora a busca deva seguir na janela de transferências de verão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos