City, Chelsea e Arsenal vencem e vão às semis da FA Cup com United

AFP

O Manchester City venceu o Newcastle por 2 a 0 neste domingo, pelas quartas de final da Copa da Inglaterra e se juntou a Manchester United, Chelsea e Arsenal nas semifinais do torneio.

Os confrontos ficaram definidos após um sorteio: Arsenal-City e Manchester United-Chelsea.

O Manchester City, que havia perdido por 2 a 1 para o Chelsea na quinta-feira e permitiu o título matemático do Liverpool na Premier League, conseguiu curar suas feridas neste domingo.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O belga Kevin De Bruyne colocou a equipe de Josep Guardiola à frente no placar aos 37 minutos convertendo um pênalti e no segundo tempo o ponta Raheem Sterling marcou com um chute de fora da área (68).

O Manchester City continua, assim, seu objetivo de revalidar o título da FA Cup, que conquistou no ano passado ao golear o Watford por 6 a 0 na final.

Nesta temporada, os 'Citizens' já conquistaram a primeira das Copas Nacionais, a Copa da Liga, pouco antes da pandemia de COVID-19 interromper as competições.

- Chelsea elimina Leicester -

O Leicester, terceiro colocado na Premier League, foi a vítima mais ilustre do dia, apesar de ter diante de si um adversário temível, o Chelsea, quarto na tabela do campeonato inglês.

O único gol dos 'Blues' foi marcado no segundo tempo (67) pelo meia Ross Barkley, que concluiu após receber um cruzamento do brasileiro Willian na área.

O Leicester tem decepcionado desde a retomada da Premier League após a paralisação causada pela pandemia do novo coronavírus, com empates contra Watford e Brighton. Esta eliminação na Copa da Inglaterra traz ainda mais dúvidas sobre a equipe.

Sem o meia James Maddison, os jogadores comandados por Brendan Rodgers mal conseguiram assustar o Chelsea, em cuja escalação Frank Lampard fez seis mudanças em relação ao último jogo, a vitória por 2 a 1 sobre o Manchester City na quinta-feira que deu o título da Premier League ao Liverpool.

O Chelsea assumiu aos poucos o controle da partida e já havia testado o goleiro Kasper Schmeichel que defendeu um poderoso chute do americano Christian Pulisic.

Apesar de estar melhor em campo, Lampard ainda não estava satisfeito e no intervalo colocou em campo Barkley, Mateo Kovacic e Cesar Azpilicueta.

A mudança surtiu efeito e a classificação do Chelsea veio no gol de Barkley.

- Arsenal vence no fim e avança -

O Arsenal se classificou ao vencer o Sheffield United por 2 a 1, graças a um gol nos acréscimos do espanhol Dani Ceballos.

Na Premier Leaque os Gunners não ocupam nenhuma vaga que classifica para os torneios europeus faltando sete rodadas antes do fim, com o nono lugar, mas os londrinos estão agora a apenas dois jogos da Liga Europa por meio da FA Cup.

"Sheffield é um lugar difícil de vencer. Voltamos a Wembley (para jogar as semifinais e a final). Estou muito feliz com a atitude e o desempenho dos jogadores", disse o técnico do Arsenal, o espanhol Mikel Arteta.

"É uma ótima oportunidade para tentar conquistar um título e estar na Europa", acrescentou o técnico basco.

Sem Pierre-Emerick Aubameyang, deixado no banco, o marfinense Nicolas Pépé deu uma vantagem ao Arsenal ao converter um pênalti que havia sido confirmado pelo VAR (25).

A arbitragem por vídeo também desempenhou um papel importante, anulando, corretamente, dois gols do time local por impedimento (10 e 58).

O Sheffield, em dificuldades desde que o campeonato foi retomado, poderiam ter merecido mais. O goleiro Dean Henderson quase empatou sem querer com um incrível chute impulsionado pelo vento e que passou perto do travessão (55) e Chris Basham perdeu uma oportunidade muito clara em seguida (58), depois de ter causado a penalidade no primeiro tempo.

Um enésimo erro defensivo dos Gunners nesta temporada pareceu que faria justiça ao placar. Após uma cobrança de lateral do Sheffield United, Sead Kolasinac tentou afastar mas a bola bateu em seu companheiro de equipe, Shkodran Mustafi, sobrando livre para David McGoldrick empatar (87).

Emiliano Martínez, substituto argentino do alemão Bernd Leno no gol do Arsenal, mais tarde salvou o Gunners com uma boa defesa, em um chute rasteiro do atacante Billy Sharp.

Mas quando tudo levava a crer que haveria uma prorrogação o meia espanhol Dani Ceballos (emprestado pelo Real Madrid), penetrou na área pela direita e chutou cruzado, quase sem ângulo, marcando o gol da vitória do Arsenal (90+1).

No sábado o Manchester United sofreu mas garantiu sua passagem para as semifinais da Copa da Inglaterra no primeiro duelo das quartas de final, em que venceu o Norwich por 2 a 1 nos últimos momentos da prorrogação.

-- Resultados das quartas de final da FA Cup e programação (horário de Brasília):

- Sábado:

Norwich - Manchester United 1 - 2

Gols:

Norwich: Cantwell (75)

Manchester United: Ighalo (51), Maguire (118)

- Domingo:

Sheffield United - Arsenal 1 - 2

Gols:

Sheffield United: McGoldrick (87)

Arsenal: Pepe (25 de pênalti), Ceballos (90+1)

Leicester - Chelsea 0 - 1

Gol:

Chelsea: Ross Barkley (67)

Newcastle - Manchester City 0 - 2

Gols:

Manchester City: Kevin De Bruyne (37), Raheem Sterling (68)

Semifinais: 11 e 12 de julho

Final: 1º de agosto

Leia também