Arsenal topa quase dobrar salário para ter Gabriel Jesus

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Jesus foi titular em apenas 21 dos 50 jogos do City na temporada (Tom Flathers/Getty Images) (Manchester City FC via Getty Ima)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Liderado por Edu Gaspar, o Arsenal se tornou o grande favorito para contratar Gabriel Jesus. A proposta do clube inglês ao atacante, inclusive, é gigante: 6 milhões de euros ou R$ 31 milhões de salário por temporada. Atualmente, Jesus fatura 3,5 milhões de euros ou R$ 18,2 milhões por ano no Manchester City.

Mas para que Jesus troque Manchester por Londres ainda falta o principal: um acordo entre os clubes. É bem verdade que o poder de negociação do City não é dos maiores, levando em consideração que o brasileiro tem contrato somente até o fim de maio de 2023. Ou seja, se não vendê-lo na janela de julho, o time de Guardiola perderá Jesus de graça.

Contratado em 2016 por 32 milhões de euros, Gabriel Jesus soma 229 jogos e 89 gols na Inglaterra. Nesta temporada, mesmo depois da saída de Aguero, o ex-palmeirense segue atuando menos do que gostaria. Ele soma 34 partidas das 50 do Manchester City, porém apenas 21 na condição de titular.

E isso deve piorar a partir de agosto, com a iminente chegada de Haaland, norueguês que será contratado por 63 milhões de euros e terá salário semanal de aproximadamente R$ 3 milhões.

Quem acompanha de perto as tratativas entre Arsenal e City é o Palmeiras, que detém 5% do valor de uma venda futura, além de outro pequeno percentual pelo Mecanismo de Solidariedade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos