Arsenal 2 x 1 M. City: No pulmão! Gunners viram jogo na prorrogação e avançam à decisão da FA Cup

A fase não é das melhores, o time é contestado, mas o Arsenal virou o jogo sobre o Manchester City na prorrogação, fez 2 a 1, e avançou à decisão da FA Cup. No jogo da manhã deste domingo em Wembley, os Citizens, sem Gabriel Jesus (relacionado, mas não ficou nem no banco), saíram na frente com Aguero, mas os Gunners conquistaram a vitória com gols de Monreal e Sánchez.

O adversário do Arsenal na final da FA Cup será o Chelsea, que bateu o Tottenham no sábado por 4 a 2, em jogo que será realizado dia 27 de maio, em Wembley.

O jogo

Com prioridade na marcação e até com algumas faltas fortes, Arsenal e Manchester City fizeram uma primeira etapa truncada e com poucas oportunidades de gol criadas. Os Citizens iniciaram a partida melhor, ficando com mais posse de bola e procurando chegar pelos lados. Na marca dos 14, De Bruyne cruzou, Silva desviou e Cech foi lá no ângulo espalmar.

Aí, com o susto, o Arsenal despertou e passou a sair mais. Os Gunners tiveram um gol bem anulado pela arbitragem aos 21, quando Koscielny, impedido, mandou para a rede. A partida então, caiu de ritmo. As equipes passaram a errar muito e quase não chegaram mais. No entanto, ao 39 veio a polêmica. Sane cruzou, Aguero chutou, Cech espalmou e Sterling mandou para a rede. O juiz, erroneamente, viu a bola sair durante o cruzamento e invalidou o lance.

As equipes voltaram afim de jogo na etapa complementar. O City tomou as iniciativas e após rondar a área adversária, abriu o placar. Toure fez belíssimo lançamento para Aguero, que deixou o zagueiro para trás e tocou com categoria na saída de Cech. Só que o Arsenal estava bem vivo. Pouco depois, Chamberlain cruzou e Monreal fuzilou, deixando tudo igual. E o jogo seguiu lá e cá. Se nos Gunners Ozil não concluiu, Toure e Fernandinho acertaram a trave pelo City. Porém, não teve mais tempo e a partida foi para a prorrogação.

Prorrogação

No tempo extra, o Arsenal mostrou mais perna e na primeira parte, criou três boas oportunidades e, em uma delas, virou o jogo. Após cruzamento, Welbeck desviou e Sánches não perdoou. O City sentiu o gol e pouco produziu. Já no segundo tempo, os Citizens chegaram apenas em arremate para fora de De Bruyne. Melhor para os Gunners, que vão à decisão da FA Cup.

Alexis Sanchez Arsenal Manchester City FA Cup


Sánchez garantiu a vitória dos Gunners em Wembley (Foto: Getty Images)