Arsène Wenger fala sobre volta de Cristiano Ronaldo ao Manchester United: 'Não foi 100% racional'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Uma das contratações mais bombásticas da janela de transferências no futebol internacional, a volta de Cristiano Ronaldo ao Manchester United, como não poderia ser diferente, segue rendendo assunto. E desta vez quem comentou a respeito foi o ex-técnico do Arsenal, Arsène Wenger, chefe de desenvolvimento global de futebol da Fifa.

+ Champions League começa no dia 14 de setembro. Veja os jogos e a tabela!


Para o francês de 71 anos, em entrevista ao jornal "Bild", da Alemanha, a decisão dos Diabos Vermelhos pelo retorno do ídolo português foi mais na base da emoção do que na razão e que não foi uma decisão "100% racional".

- Esta é uma história de amor que você quer ver. Ele foi recontratado por mais do que motivos esportivos, é também emocional. Acho que a decisão não é 100% racional - disse o ex-treinador.

+ Quais clubes contrataram melhor na janela de transferências na Europa? Veja ranking do LANCE!

Sobre a montagem do time, Arsène Wenger afirmou que o técnico do Manchester United, Ole Gunnar Solskjaer, precisará encontrar um equilíbrio para encaixar tantas peças de qualidade.

- Encontrar o equilíbrio na equipe será um grande desafio. Mas os jogadores com muita experiência ainda ajudam muito - completou Wenger.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos