Arrascaeta enaltece classificação do Flamengo na Libertadores, elogia Renato Gaúcho, mas faz alerta

·1 minuto de leitura


Com cerca de 6 mil torcedores no Estádio Mané Garrincha, o Flamengo não deu brecha para uma noite frustrante e, pela volta das oitavas de final da Libertadores, goleou o Defensa y Justicia-ARG por 4 a 1, com gols de Rodrigo Caio, Arrascaeta e Vitinho (2). O uruguaio foi eleito o melhor em campo pela organização do torneio e concedeu entrevista após a classificação às quartas, no reencontro com a Nação após 497 dias sem atuar com público.

- Temos que dar o máximo cada jogo. Libertadores é muito difícil, e será cada vez mais. O time está de parabéns, enfrentamos um adversário difícil. Foi um resultado importante - disse o camisa 14, na saída de campo, emendando:

- Ele (Renato Gaúcho) chegou impondo a forma que gosta de jogar, cada um tem a sua. Aos poucos estamos fazendo o que ele quer. Começou muito bem, mas não temos que nos conformar, temos que melhorar.

O adversário do Flamengo nas quartas sairá do confronto entre Internacional e Olimpia-PAR, cujo jogo da volta será realizado nesta quinta-feira, no Beira-Rio. Na ida, as equipes ficaram no 0x0. Cabe lembrar que a próxima fase será disputada entre 11 e 18 de agosto.

+ Caminho até Montevidéu: veja o chaveamento da Libertadores

Agora, o Flamengo de Arrascaeta volta as atenções para o Brasileiro. O rival da vez será o São Paulo, domingo, às 16h, no Maracanã e pela 13ª rodada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos