Arrascaeta? Brasileiros ficam furiosos com ausência do jogador do Flamengo

Apesar de ser camisa 10 do Uruguai, Arrascaeta ficou no banco no jogo contra a Coreia (Foto: Pat Elmont - FIFA/FIFA via Getty Images)
Apesar de ser camisa 10 do Uruguai, Arrascaeta ficou no banco no jogo contra a Coreia (Foto: Pat Elmont - FIFA/FIFA via Getty Images)

Arrascaeta ficou somente no banco de reservas na partida entre Uruguai e Coreia do Sul e a escolha do técnico Diego Alonso provocou a revolta dos torcedores brasileiros, que esperavam o meio-campista do Flamengo em campo. Durante as transmissões de TV, a ausência também foi sentida e motivo de questionamentos.

O fato é que o jogo terminou em 0 a 0, o primeiro jogo do século, em Copas do Mundo, em que não houve sequer um chute a gol. Faltou construção aos times, que disputaram muito a bola no meio de campo. Especialmente ao Uruguai faltou criatividade, embora o time tenha mandado duas bolas na trave, com Diego Godín e Federico Valverde.

Leia também:

Um dos motivos que talvez tenha afastado o meio-campista do Flamengo de minutos nesta quinta-feira (24) é a pubalgia que vem tratando desde o fim da temporada. A torcida, porém, não perdoou. "Arrascaeta no banco é um crime sem tamanho", escreveu uma torcedora antes mesmo da partida começar.

Outros torcedores se juntaram ao coro nas redes sociais.

Outros torcedores, porém, resolveram olhar pelo lado positivo. Como a Copa do Mundo é uma grande vitrine, talvez a ausência do jogador do Flamengo seja para se comemorar. "Vejam pelo lado bom: Pelo menos os europeus não vão olhar o Arrascaeta", escreveu.

As críticas, no entanto, foram maioria.