As armas de Messi para a virada contra a Juventus

Barcelona e Juventus se enfrentam na quarta-feira (19), às 15h45 (de Brasília), pelas quartas de final da Champions League. O clube catalão precisa reverter a goleada sofrida por 3 a 0. Messi, que marcou duas vezes no fim de semana, contra a Real Sociedad, estaria motivado, mais do que nunca, para ajudar a sua equipe a superar a Velha Senhora.

Mandzukic Messi Juventus Barcelona Champions League 11 04 2017


(Foto: Getty Images)

VEJA TAMBÉM:

O craque argentino está com raiva, pois pela segunda vez o Barça precisa se recuperar de um resultado "praticamente impossível". Da primeira vez, Neymar comandou o time contra o PSG. Desta vez, Messi pretende fazer e servir de exemplo para os companheiros de equipe. O jornal Mundo Deportivo apresentou as cinco armas do camisa 10 para fazer isso.

Confira as armas de Messi:

Artilheiro em todas as competições

Messi vem de dois gols contra a Real Sociedad, mostrando que ele está com fome de gol. Seu fato na frente do goleiro recentemente, está impressionante. São 29 gols na Europa e ele lidera a classificação do prêmio Pichichi, com seis gols à frente de seu companheiro de equipe e amigo, Luis Suárez (23) e dez à frente de Cristiano Ronaldo (19). Graças a este mesmo número, Leo também é o primeiro colocado da Chuteira de Ouro, com Bas Dost (Sporting, 28 gols) em segundo. Na Champions, também é o goleador, com onze tentos, seguido por dois jogadores que já estão eliminados, Agüero (Manchester City, 8 gols) e Cavani (PSG, 8).

Influência direta nos pontos conquistados pelo Barça

A influência individual sobre o desenvolvimento da partida vai muito além dos números. Nenhum outro jogador garantiu mais pontos no Espanhol do que ele com seus gols. De acordo com o Opta, seus 29 gols significaram 17 pontos para o Barça. Ou seja, quando realmente o time precisa dele, ele resolve, o que é o caso neste meio de semana contra a Juve.

Messi na La Liga e na Champions:

Importante no ataque e na defesa

Algo inegável é que Messi está chegando ao final da temporada no mais alto nível. Prova disso é que, além de tarefas ofensivas, também está sendo importante para o setor defensivo do time. Sem ir mais longe, em Turim, ele mesmo roubou a bola que resultou em um gol anulado.

Próximo da marca de 500 gols

Messi tem 498 gols em 575 jogos oficiais pelo Barça. Em outras palavras, o melhor jogador do mundo e da história está há apenas dois da marca de 500 gols e a possibilidade de conquistar isso logo em uma partida tão importante, fará com que o camisa 10 esteja obcecado por marcar. Caso balance as redes duas vezes, o Barça estaria mais próximo da virada história contra os italianos.