Ariel Holan manda mensagem de carinho ao volante Sandry

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


O técnico Ariel Holan mandou uma mensagem de carinho ao volante Sandry ao final da coletiva após a vitória do Santos por 3 a 1 sobre o San Lorenzo, na Argentina, pelo duelo de ida da terceira fase da Copa Libertadores. Sandry seria titular diante os argentinos, mas sofreu uma lesão no joelho na última sexta-feira, dias antes da partida.

> Confira a classificação atualizada do Campeonato Paulista

-Só queria mandar um abraço ao Sandry. Infelizmente, é muito jovem e teve esta infelicidade da lesão no ligamento cruzado, mando a ele um forte abraço - lamentou Ariel Holan.

O volante teve um entorse no joelho direito no treino da sexta-feira e o resultado do exame apontou a lesão no ligamento cruzado. Com a lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito, ele deve perder o resto da temporada do Santos.

De acordo com o Santos, a previsão para a recuperação é de seis a oito meses. A lesão é a mesma sofrida pelo uruguaio Carlos Sánchez, que está afastado dos gramados desde outubro e tem previsão de volta para maio.

Com apenas 18 anos, Sandry ocupava a titularidade no meio de campo santista e é considerado o herdeiro de Diego Pituca, que foi vendido ao futebol japonês. O jogador foi Campeão Mundial Sub-17 com a Seleção Brasileira ao lado de Kaio Jorge e foi titular na final da última Libertadores da América diante o Palmeiras.