Argentino Manu Ginóbili se aposenta das quadras de basquete

AFP

O armador argentino Manu Ginóbili anunciou nesta segunda-feira a aposentadoria do basquete, após uma carreira de sucesso em que conquistou quatro títulos da NBA com o San Antonio Spurs e um ouro olímpico com a Argentina em 2004.

"É com uma grande mistura de emoções que conto a vocês que decidi me aposentar do basquete. ENORME GRATIDÃO pela minha família, amigos, companheiros, técnicos, torcedores e todos que fizeram parte da minha vida nesses 23 anos. Foi uma viagem fabulosa que superou qualquer tipo de sonho. OBRIGADO!", escreveu Ginóbili, 41 anos, em sua conta no Twitter.

O argentino ainda tinha um ano de contrato com os Spurs no valor de 2,5 milhões de dólares.

Ginóbili é um dos jogadores internacionais mais bem sucedidos da história do basquete, com duas aparições no Jogo das Estrelas da NBA, uma medalha de ouro olímpica e um prêmio de melhor jogador da Euroliga, além de quatro título da NBA (2003, 2005, 2007, 2014).

O argentino disputou 1.057 jogos de temporada regular e 218 nos Playoffs da NBA com os Spurs. Na temporada passada, teve médias de 9.8 pontos e 20 minutos por jogo.

O estilo pouco convencional, espetacular e até dramático de Ginóbili ajudou a definir uma era moderna sem precedentes de domínio dos Spurs, equipe em que fez história ao lado de Tim Duncan e do armador francês Tony Parker.

Ginóbili foi a 57ª escolha no Draft da NBA de 1999 e atuou na Europa antes de defender os Spurs a partir de 2002.

Leia também