Argentino Ariel Holan é o novo técnico do Santos

·2 minuto de leitura
(arquivo) O técnico argentino Ariel Holan no duelo pela Copa Sul-Americana entre o chileno Universidad Católica e o Vélez Sarsfield, da Argentina, disputado em 8 de dezembro de 2020

O técnico argentino Ariel Holan, que recentemente conquistou o campeonato chileno com o Universidad Católica, vai comandar o Santos até dezembro de 2023, anunciou o clube paulista nesta segunda-feira.

"Seja muito bem vindo professor”, escreveu o Peixe no Twitter, com uma imagem do técnico de 60 anos, sorrindo, e uma mensagem de fundo: 'Holan, como vai?'.

O técnico argentino substitui Cuca, que anunciou sua saída há duas semanas.

"Estou muito feliz em dirigir o Santos, um clube com tantas craques, como Pelé e Neymar. Será um desafio participar de uma das ligas mais equilibradas do mundo", disse Holan ao site oficial do clube.

Em um vídeo, o novo treinador, a quem o Santos descreve como "estudioso" e cuja capacidade de unir tecnologia ao futebol se destaca, promete aos torcedores "uma equipa com uma identidade futebolística clara e mentalidade ofensiva".

"Quero que todos os jogadores mais novos sejam aproveitados com os mais experientes e continuem a fazer a equipe crescer como vêm fazendo", acrescentou.

Um grande desafio para um time que enfrenta uma profunda crise econômica, com salários atrasados e sanções da Fifa que o impedem de contratar jogadores.

Atualmente está na oitava posição do Brasileirão, faltando uma rodada. Holan vai assumir o comando da equipe no campeonato paulista, e sua estreia está prevista para o jogo fora de casa contra o Santo André neste domingo.

O técnico argentino assumiu a Universidad Católica em 2020, em meio à pandemia de coronavírus, e conquistou o terceiro campeonato consecutivo para o clube chileno. Ele também levou o time às quartas de final da última Copa Sul-Americana.

Ex-treinador de hóquei, Holan começou sua carreira como técnico de futebol em seu país em 2011 no Argentinos Juniors e quatro anos depois no Defensa y Justicia. Em 2017 assumiu o Independiente, com o qual conquistou a Copa Sul-Americana e um ano depois a Suruga Bank.

jm/mel/gfe/aam