Argentina terá Messi contra o Brasil pelas Eliminatórias

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
O argentino Lionel Messi durante a partida das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 contra o Uruguai em Montevidéu em 12 de novembro de 2021 (AFP/Ernesto Ryan)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O capitão e artilheiro da Argentina, Lionel Messi, jogará contra o Brasil no clássico sul-americano que será disputado nesta terça-feira em San Juan pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo do Catar-2022, anunciou o técnico Lionel Scaloni.

"Ele está bem fisicamente. Está confirmado que jogará, esperamos que esteja bem", disse Scaloni em entrevista coletiva no centro de treinamento e concentração ao sul de Buenos Aires, sem esclarecer se o astro será titular.

A imprensa argentina afirma que Messi vai jogar desde o início no superclássico contra o maior rival.

O craque vinha enfrentando problemas físicos e só jogou 20 minutos contra o Uruguai (1 a 0) na rodada anterior.

O Brasil, líder com 34 pontos, está classificado para a Copa do Mundo. A Albiceleste, segunda com 28, está a um passo de garantir a vaga.

Questionado sobre outras lesões, como a do meia Leandro Paredes, e o meia-ofensivo Paulo Dybala, ele respondeu que ainda precisam ser "avaliados" e que será decidido "no último minuto".

A seleção verde-amarela garantiu a vaga na Copa do Mundo ao vencer a Colômbia por 1 a 0 e a Argentina vem de uma vitória de 1 a 0 sobre o Uruguai em Montevidéu. Uma combinação de resultados pode dar a ela a vaga com 15 pontos em disputa.

"O jogo é de muita dificuldade. É uma seleção que tem as coisas muito claras. É a mais vertical do Brasil nos últimos tempos, não elabora tanto", disse o técnico.

Os dois estão invictos, mas há hegemonia futebolística dos brasileiros em âmbito regional. "Eles (brasileiros) recuperam a bola rapidamente e não perdoam. Temos que tomar precauções. Temos que aproveitar, com um campo bom e um estádio quase cheio", frisou Scaloni.

O treinador pediu para "desfrutar" o clássico e lembrou que "o último jogo (entre os dois) não pôde acontecer".

Foi assim que o treinador lembrou do jogo que foi suspenso em São Paulo pelas Eliminatórias, em decorrência de uma invasão do gramado de fiscais de saúde anticovid-19. A Fifa ainda não decidiu se o jogo vai ser disputado ou atribuir pontos a uma das duas seleções.

dm/nn/ol/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos