Argentina se classifica para Copa após empate sem gols com Brasil

·2 min de leitura
Lionel Messi é marcado por Edenilson durante partida entre Argentina e Brasil pelas eliminatórias para a Copa do Mundo

SAN JUAN, Argentina (Reuters) - A Argentina empatou em 0 x 0 em casa com o Brasil em um jogo tenso na terça-feira, mas os resultados de outras partidas das eliminatórias sul-americanas garantiram aos argentinos uma vaga na Copa do Mundo do ano que vem no Catar.

O Brasil, que garantiu sua vaga no Mundial na semana passada, lidera as eliminatórias sul-americanas para a Copa com 35 pontos e a Argentina tem 29, seis a mais que o Equador, terceiro colocado.

As quatro primeiras colocadas se classificam automaticamente e a quinta colocada disputará uma repescagem intercontinental.

Nem mesmo os jogadores argentinos sabiam que tinham se classificado para o Mundial até bem depois da partida em San Juan. Foi somente depois que Equador, Peru e Bolívia registraram vitórias na noite de terça que os argentinos ficaram matematicamente seguros de seu lugar no Catar.

A boa notícia veio depois de um jogo divertido e disputado na região oeste da Argentina.

Nenhum dos dois times conseguiu se impor em um jogo equilibrado. O empate sem gols significa que a Argentina está agora invicta a 27 partidas invicta, uma sequência que se estende por mais de dois anos.

Na última vez que Brasil e Argentina haviam se enfrentado, a ação durou apenas cinco minutos. O jogo em São Paulo foi interrompido por funcionários da Agência Nacional de Vigilância Sanitária que entraram em campo para retirar jogadores argentinos acusados de não respeitarem as normas sanitárias brasileiras para conter a disseminação da Covid-19.

A partida de terça foi cercada de grande expectativa e, embora não tenha tido gols, não lhe faltou emoção.

Ao lado de Vinicius Jr. e Raphinha na frente, o Brasil começou com Matheus Cunha no lugar de Neymar, seu artilheiro que não viajou à Argentina em meio a preocupações com uma lesão na coxa.

Vinicius Jr. teve boa chance quando ficou cara-a-cara com goleiro, mas mandou para fora aos 17 minutos. Alisson, por sua vez, fez grande defesa em tentativa de Rodrigo De Paul para ajudar a garantir o empate a cinco minutos do intervalo.

O jogo se abriu ainda mais no segundo tempo, com Fred e Vinicius Jr. chegando perto pelo Brasil.

O astro argentino Lionel Messi, que iniciou sua primeira partida como titular desde outubro, teve atuação discreta até os minutos finais, quando forçou Alisson a fazer grande defesa.

"Eu dei tudo o que pude", disse Messi. "Este foi um jogo muito intenso... Já faz um tempo que estou fora (lesionado) e não é fácil jogar em um jogo que exige este tipo de ritmo", disse.

"Sabíamos que ia ser assim, uma partida que dura e difícil de ser disputada."

(Reportagem de Andrew Downie)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos