Argentina registra milésima morte por coronavírus

Argentina registra milésima morte por coronavírus (Foto: Carol Smiljan/NurPhoto via Getty Images)
Argentina registra milésima morte por coronavírus (Foto: Carol Smiljan/NurPhoto via Getty Images)

A Argentina alcançou a marca de 1.000 mortes em decorrência do novo coronavírus. Neste domingo (21), as autoridades locais divulgaram mais oito vítimas fatais de Covid-19.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O Ministério da Saúde local ainda atualizou o número de pacientes recuperados (12.728) e em tratamento (27.476).

A curva de casos na Argentina tem aumentado rapidamente nos últimos dias. A taxa de letalidade aumentou para 2,4%, ou 21,9 mortes para cada milhão de habitantes.

Leia também

O primeiro óbito no país foi registrado em 7 de março na capital, Buenos Aires. No dia 20 do mesmo mês, o presidente Alberto Fernández instituiu a quarentena em todo o território.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

O Brasil, país sul-americano mais atingido pelo coronavírus e segundo no mundo, registrou 49.976 vítimas fatais e 1.067.579 casos confirmados, segundo dados do Ministério da Saúde divulgados no sábado.

Leia também