Argentina faz 7 mudanças para enfrentar Bolívia; Pratto será titular

Lucas Pratto, da seleção argentina, comemora gol marcado contra a Colômbia pelas eliminatórias para a Copa do Mundo 15/11/2016 REUTERS/Enrique Marcarian

BUENOS AIRES (Reuters) - O técnico da seleção argentina confirmou a equipe com sete alterações, mudança no esquema tático e Lionel Messi no comando para enfrentar a Bolívia, em La Paz, pelas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo de 2018.

Edgardo Bauza, que colocará a equipe no 4-4-2, decidiu que Lucas Pratto será o companheiro de Messi no ataque no lugar de Gonzalo Higuaín, suspenso.

O técnico argentino também confirmou que o atacante da Juventus Paulo Dybala está totalmente recuperado de uma lesão muscular, mas ficará no banco de reservas. No meio-campo serão titulares Guido Pizarro e Ever Banega.

A equipe será formada por Sergio Romero; Facundo Roncaglia, Mateo Musacchio, Ramiro Funes Mori, Marcos Rojo; Enzo Pérez, Pizarro, Banega, Angel Di María; Lionel Messi e Pratto.

O técnico destacou que os 3.650 metros de altitude de La Paz serão uma dificuldade para seus jogadores.

"A Bolívia vai jogar como faz em toda partida que joga em casa, tentando chegar com muita gente, tentando fazer uma partida totalmente dinâmica para que a Argentina sofra nos últimos 25 minutos da partida", disse ele em entrevista coletiva.

Bauza também falou sobre a necessidade de armar uma equipe que seja funcional a Messi. "Tratamos de que se sinta cômodo e encontre o equilíbrio e o lugar no campo que necessita. Muitas vezes não foi possível porque o marcaram muito ou porque não chegou a bola pela pressão do rival, mas esperamos conseguir".

A Argentina, que venceu o Chile por 1 x 0 em casa na semana passada, está em terceiro lugar com 22 pontos nas eliminatórias, atrás do líder Brasil, com 30 e o Uruguai com 23, e à frente da Colômbia, que tem 21. Os primeiros quatro colocados se classificam para o Mundial enquanto o quinto jogará uma repescagem contra o vencedor da Oceania.

(Reportagem de Luis Ampuero)