Argentina decide poupar Messi de jogos das eliminatórias da Copa após Covid-19

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Lionel Messi em partida do PSG
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO (Reuters) - A Argentina deixou Lionel Messi de fora de sua convocação para as próximas partidas das eliminatórias da Copa do Mundo contra Chile e Colômbia, uma vez que o atacante do Paris Saint-Germain continua sua recuperação da infecção por Covid-19.

Os atuais campeões da Copa América já se classificaram para o Mundial de Catar e estão em segundo lugar nas eliminatórias sul-americanas, atrás do Brasil.

Messi, de 34 anos, não joga pelo PSG desde 22 de dezembro, quando o time enfrentou o FC Lorient pela liga francesa.

O jogador passou o período festivo de final de ano na Argentina, onde teve um teste positivo para Covid-19. Ele treinou separadamente de seus companheiros de equipe depois de retornar a Paris.

O PSG enfrentará o Real Madrid nas oitavas de final da Liga dos Campeões, com o jogo de ida em 15 de fevereiro.

A Argentina enfrenta o Chile em 27 de janeiro e recebe a Colômbia em 1º de fevereiro.

(Reportagem de Andrew Downie)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos