Argel Fucks retruca críticas de Jesus: 'Só ganhou o Campeonato Português'

Argel diz não ter problemas com estrangeiros, mas respondeu a declarações do 'Mister' (Augusto Oliveira/RCortez/Ascom CSA)
Argel diz não ter problemas com estrangeiros, mas respondeu a declarações do 'Mister' (Augusto Oliveira/RCortez/Ascom CSA)


Após as críticas do treinador Jorge Jesus aos treinadores brasileiros em uma entrevista que foi concedida em 2018, mas publicada apenas em agosto, muitos profissionais do futebol nacional se manifestaram contra os comentários do 'Mister'. Agora, chegou a vez de Argel Fucks, treinador do CSA, que repudiou a fala do português.

- No futebol, cada um fala o que pensa, é uma questão de interpretação. Eu conheço o Jorge, trabalhei contra ele em Portugal. Ele trabalhou em vários clubes pequenos até chegar a trabalhar no Benfica. Eu acho que o futebol brasileiro tem espaço para todos os treinadores. Esse tipo de coração, eu acho que não vale a pena você comentar até porque o Jesus, se você olhar, só ganhou o Campeonato Português, com o Benfica - afirmou Argel.

Segundo o comandante do clube alagoano, que é o lanterna do Brasileirão, Jorge Jesus cumpriu apenas a obrigação de um treinador de um clube grande português: ganhar a liga nacional. Mas não fez nada além disso.

- Eu já joguei cinco temporadas no Benfica e é obrigação de qualquer treinador e qualquer jogador. Lá existem três clubes: Benfica, Porto e Sporting, que já faz anos que não ganha. Então, o Jorge não foi campeão da Taça Uefa, por exemplo, nem da Champions League, passou longe disso - comentou o treinador do CSA.

O treinador ainda falou sobre os treinadores estrangeiros no futebol brasileiro, tema que levantou polêmica recentemente entre os treinadores. Segundo Fucks, "o futebol brasileiro sempre contratou estrangeiros e eles nunca conseguiram fazer nada aqui".

- Nós acompanhamos as pessoas falarem muita coisa e cada um tem uma maneira de ver o futebol, cada um tem uma interpretação. Não estamos aqui para julgar todo mundo. Acho que por ele estar agora no contexto, dentro do Campeonato Brasileiro, ele pode ter uma versão diferente. Tanto ele como o próprio Sampaoli, que são os treinadores estrangeiros - disse Argel, que foi além.

- Eu particularmente não tenho problema nenhum de treinador estrangeiro trabalhar no futebol brasileiro. Eu não tenho medo nenhum. Acho que o futebol brasileiro tem espaço para todos. O que acontece é a competência deles. O que acontece no futebol brasileiro é que sempre se contratou estrangeiros e eles nunca conseguiram fazer nada aqui, não ganharam nada aqui. Agora pode acontecer... - finalizou Fucks.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também