Arena MRV chega aos 500 dias de trabalhos e arrecada R$ 160 milhões em vendas de ativos

·4 minuto de leitura


A obra da Arena MRV, futuro estádio do Atlético-MG, completa 500 dias nesta quinta-feira, 2 de setembro, e o sonho do atleticano se consolida a cada etapa vencida na construção da sua casa própria. Importantes fases da obra, como a terraplanagem, construção das contenções e fundações estão finalizadas.

Atualmente estão em execução a montagem das estruturas do estádio, do estacionamento e da esplanada, além da continuidade dos trabalhos no sistema de drenagem, de alvenaria interna e, também, da via marginal que dará acesso ao estacionamento.

-Cada etapa vencida e cada marco, como esses 500 dias, devem ser comemorados por todas as dificuldades e desafios que enfrentamos. Isso, claro, sem perdermos o foco para as próximas fases que também serão muito desafiadoras-afirma o CEO da Arena MRV, Bruno Muzzi.

A equipe responsável pela construção da casa do Galo se prepara para, em breve, dar início à montagem da cobertura do estádio.

Números da obra

A futura casa do Galo está 35% concluída. Já passaram pela obra mais de 1.100 operários e, atualmente, trabalham na construção da Arena MRV 530 profissionais, de diversas áreas e empresas.

A construtora responsável é a Racional Engenharia e a obra conta também com a Reta Engenharia como empresa responsável pelos serviços especializados de engenharia para o gerenciamento e a fiscalização das obras.

A superestrutura que dará forma ao estádio já recebeu mais de duas mil toneladas de aço, mas ainda há muito trabalho para dar forma à Arena MRV. Cerca de outras 3.400 toneladas já estão fabricadas e aguardando a instalação. As áreas do estádio, estacionamento e esplanada já receberam 4.277 peças pré-moldadas.

Vendas de ativos do estádio

Já foram arrecadados cerca de R$ 160 milhões com a venda dos ativos da Arena MRV, como camarotes, cadeiras cativas e vagas de estacionamento que são investidos integralmente na obra. Somente no segundo lote de cadeiras cativas foram comercializadas cerca de 1000 unidades desde junho e o setor I está esgotado.

-No início do projeto havia uma projeção de arrecadação de cerca de R$100 milhões com cadeiras. Hoje podemos comemorar que, até o momento, essa receita ultrapassou os R$160 milhões- revela o diretor Administrativo e Financeiro da Arena MRV, Thiago Ribeiro Maia.

Para garantir que as obras continuem no ritmo atual e com o cronograma em dia, a Arena MRV continua em busca de patrocinadores e oportunidades comerciais. Esta semana teve início a comercialização das vagas de estacionamento para os clientes de cadeiras cativas. Anteriormente, os clientes de camarotes tiveram a oportunidade de adquirir as vagas.

-Consideramos a comercialização dos espaços da Arena MRV um grande sucesso. A venda dos camarotes, por exemplo, foi um grande sucesso. A Arena MRV contará com 80 camarotes e todas as unidades colocadas à venda foram comercializadas. Mas estamos sempre em busca de novas oportunidades e parcerias comerciais- ressalta o gerente de Marketing da Arena MRV, João Márcio Coelho Jr.

A Arena MRV fechou recentemente um contrato de patrocínio com a Fassa Bortolo, empresa italiana do ramo de argamassa e rejunte. Ela será a argamassa oficial da Arena MRV e irá, também, batizar o Centro de Experiências, espaço de 350 m² em que o torcedor pode visitar o estádio e ter o primeiro contato com a casa do Galo.

Além disso, pensando em otimizar ainda mais a comercialização de patrocínios, a Arena MRV firmou uma parceria com a Live Park, primeira empresa do Brasil focada em venues e projetos especiais ligados a esporte e entretenimento. Os parceiros já iniciaram a captação de patrocínios e o trabalho de planejamento e execução do calendário de inauguração do estádio, que deve ser lançado nos próximos meses.

Projeto da Arena

A casa do Galo terá nove setores, 18 portões de acesso e a capacidade será para 46 mil torcedores. Serão 21 elevadores e, no hall principal, seis escadas rolantes que garantirão conforto para o torcedor e agilidade no deslocamento entre os setores. O estacionamento terá quatro acessos independentes e 2.333 vagas.

Desde a concepção do projeto, a busca é pelo que há de mais moderno com relação à tecnologia. “Fizemos benchmark com mais de 10 arenas e parques de entretenimento fora do Brasil. Enviamos propostas para mais de 150 parceiros no Brasil, Estados Unidos e Europa, sempre com o objetivo de oferecer tecnologia de ponta para o nosso público, para gerar uma experiência inédita que faz sentido a todos”, ressalta o gerente Executivo de Tecnologia da Arena MRV, Leandro Evangelista.

O gerente revelou também que cases de sucesso, como da Disney, Golden State Warriors, Dubai Parks, Tottenham, PSG e Juventus foram estudados, na expectativa que a casa do Galo seja a mais moderna arena da América Latina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos