Arena da Baixada receberá fase final da Liga Mundial de vôlei

A Arena da Baixada receberá confrontos entre os dias quatro e oito de julho. Presidente da CBV demonstra otimismo

A Liga Mundial, primeira competição do novo momento da Seleção Brasileira masculina de vôlei, sob o comando de Renan Dal Zotto, terá a fase final disputada em casa. A Federação Internacional de Voleibol (FIVB) e a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) confirmaram, nesta segunda-feira, que as finais entre as cinco Seleções mais bem classificadas, além do país-sede, acontecerão na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), de quatro a oito de julho.

Essa será a segunda experiência do vôlei no campo do clube paranaense. No dia 3 de setembro de 2016, a CBV realizou o Desafio de Ouro neste mesmo local em comemoração à conquista da medalha dourada na Rio-2016. O evento foi um sucesso de público, com 33 mil pagantes. O estádio do Atlético Paranaense tem cobertura, o que garante proteção contra chuva e sol, além de piso sintético, facilitando a operação de instalação da quadra de vôlei.

Garantida na fase final por ser a sede, a Seleção terá a oportunidade de disputar a fase classificatória sem a necessidade de vitórias. Neste tempo, Renan Dal Zotto terá a chance de deixar o grupo cada vez mais entrosado, já que terá menos de um mês de treinamento antes da estreia na Liga Mundial.

O primeiro jogo do Brasil na competição será no dia dois de junho, contra a Polônia, em Pesaro, na Itália. No mesmo local, a equipe verde e amarela ainda enfrenta o Irã e os donos da casa. A segunda fase será em Varna, na Bulgária, contra Canadá, Polônia e Bulgária. Encerrando a etapa classificatória, o Brasil irá a Córdoba, na Argentina, jogar contra os búlgaros, argentinos e sérvios.






E MAIS: