Arena Corinthians: empresa pede para deixar administração de fundo

O fundo responsável pelas contas da Arena Corinthians passará a ter uma nova administradora a partir de maio. A BRL Trust, empresa do mercado financeiro, renunciou ao posto no último dia 13. O termo de renúncia e o edital para a convocação de uma nova gestora foram publicados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A informação foi publicada primeiramente pela Revista Época.

A substituta da BRL será escolhida em 3 de maio. Antes, porém, acontecerá um encontro em 19 de abril entre os cotistas da Arena: Corinthians, Odebrecht e Arena Itaquera S.A. (empresa detida majoritariamente pela Odebrecht). As três partes apresentarão propostas e procedimentos para a escolha de uma nova gestora.

A principal atribuição do fundo é gerenciar as contas da Arena Corinthians, que ainda está sendo quitado. A dívida relativa à construção do estádio é de quase R$ 1,4 bilhão atualmente.

A BRL não apresentou motivo para a sua saída da Arena. Confira abaixo o comunicado divulgado:

"Tendo em vista o Termo de Renúncia à atividade de Administração Fiduciária e Gestão da Carteira do Fundo enviado aos cotistas nesta data, concomitantemente ao Edital de Convocação de Assembleia Extraordinária de Cotistas, vimos por meio desta dar publicidade à renúncia, para todos os fins de direito.

Sendo o que nos cumpria para o presente o momento e com o propósito de dar a mais ampla e completa transparência ao Cotista do Fundo e demais interessados, reportando todo e qualquer fato relevante relacionado ao Fundo, a Administradora publica o presente Fato Relevante."










E MAIS: