Arena Corinthians e Morumbi brigam por final da Libertadores 2021: veja todos os candidatos

Goal.com

Mesmo em meio a pandemia do coronavírus e a indefinição sobre a atual edição da competição continental, a Conmebol já está pensando no futuro: a entidade divulgou nesta quinta-feira (14) a lista de pré-candidatos à finalíssima da Libertadores de 2021, com quatro estádios brasileiros no páreo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Ao total, para a edição de 2021, são 11 estádios postulantes: além da Arena da Baixada, do Beira-Rio, do Morumbi e da Arena Corinthians, palcos históricos do continente como o La Bombonera, o Monumental de Nuñez e o Libertadores da América estão na disputa.

Leia também:

Seria a primeira partida de final de Libertadores da Arena Corinthians e da Arena da Baixada - proibida em 2005 por não atingir os requisitos mínimos da Conmebol na ocasião. O Beira-Rio não sedia uma final desde 2010 e o Morumbi, desde 2006.

Confira a lista completa dos estádios que brigam para sediar a Copa Libertadores de 2021:

  • La Bombonera (Buenos Aires - Boca Juniors)

  • Monumental de Nuñez (Buenos Aires - River Plate)

  • Libertadores de América (Buenos Aires - Independiente)

  • Presidente Perón (Buenos Aires - Racing Club)

  • Mario Alberto Kempes (Córdoba - Belgrano e Talleres)

  • Arena da Baixada (Curitiba - Athletico-PR)

  • Beira Rio (Porto Alegre - Internacional)

  • Arena Corinthians (São Paulo - Corinthians)

  • Morumbi (São Paulo - São Paulo)

  • Nacional (Santiago - Universidad de Chile)

  • Monumental Banco Pichincha (Guayaquil - Barcelona/EQU)

Juntamente, a Conmebol tambem divulgou os estádios postulantes para a final das edições de 2022 e 2023. O Maracanã, impedido de comeptir em 2021 por ser a sede deste ano, volta para a disputa.

Em 2022, ainda, estádios como o Monumental (Lima, Universitario), o Nacional José Diaz (Lima, seleção peruana) e o Centenario (Montevidéu, Nacional) também aparecem na briga. Em 2023, o estádio Centenario sai do páreo e dois palcos colombianos entram: o Metropolitano Roberto Meléndez (Barranquilla, Junior Barranquilla) e o Atanasio Girardot (Medellín, Atlético Nacional e Independiente Medellín).

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também