Arena Corinthians completa seis anos: palco de títulos e nove eliminações em mata-mata

Goal.com

Há exatamente seis anos, o Corinthians entrava em campo contra o Figueirense em uma das partidas mais importantes de sua história. A partida em si, válida pelo Brasileirão de 2014, não valia muito, mas marcou a grande estreia do alvinegro jogando na Arena Corinthians, sua nova casa.

36 mil torcedores lotaram o novo estádio, que foi tendo sua capacidade aumentada pouco a pouco. É verdade que o resultado não foi o esperado, mas a alegria era tanta que a derrota por 1x0 pouco importou. 

199 jogos depois, a Arena Corinthians já foi palco de muitos gols, vitórias e títulos, mas também de muitas eliminações. Desde o dia 18 de maio de 2014, cinco troféus foram conquistados, dois Campeonatos Brasileiro e três Campeonatos Paulistas, média de quase um título por ano. Mas nove eliminações também estão na conta. 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

 

É campeão!

O primeiro título desde a inauguração da Arena Corinthians foi o Brasileirão de 2015. É verdade que a confirmação do título veio fora de casa, na vitória por 1x0 diante do Vasco, em pleno São Januário. Porém, o fator Arena não poderia ter sido mais importante na conquista histórica. 

Com Renato Augusto, Jadson, Elias e Tite, o alvinegro terminou o nacional com 81 pontos, recorde da competição até então. Dos 18 jogos que disputou em sua nova casa, venceu 15, empatou dois e perdeu apenas um jogo, com médias de quase 35 mil torcedores por partida. Além disso, a entrega da taça veio em clássico contra o São Paulo. Quase 45 mil pessoas lotaram a Arena para ver a goleada histórica por 6 a 1 em seu rival. 

Malcom - Corinthians - 22/11/2015
Malcom - Corinthians - 22/11/2015
Foto: © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Depois, veio a conquista do Paulistão de 2017, contra a Ponte Preta. Na partida decisiva, disputada na Arena, um empate por 1 a 1 foi o suficiente para garantir o título, após vencer seu adversário por 3 a 0 na partida de ida.

Ainda no mesmo ano, mais uma conquista do Brasileirão. Após terminar o primeiro turno invicto, o Corinthians de Jô, Rodriguinho, Arana, Balbuena e Fábio Carille seguiu em primeiro lugar e confirmou o heptacampeonato também em sua Arena, em vitória por 3x1 diante do Fluminense. 

Jô - Corinthians - 26/11/2017
Jô - Corinthians - 26/11/2017
Foto: © Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

No ano seguinte, mais uma final, dessa vez contra o Palmeiras. O título veio no Allianz Parque, casa de seu arquirrival, após vitória por 1x0 e disputa de pênaltis. 

Por fim, a última conquista foi no ano de 2019, com o tricampeonato Paulista. O adversário da vez foi o São Paulo e o Corinthians manteve seu alto aproveitamento em clássicos jogando na Arena, derrotando seu rival por 2x1 no jogo decisivo. Com a taça, o alvinegro chegou a 30 títulos estaduais, contra 22 de Santos e Palmeiras e 21 do tricolor.

Mas nem tudo é alegria

Apesar dos títulos, o Corinthians já soma nove eliminações dentro de sua Arena. E boa parte delas veio logo no ano de 2015. 

Primeiro contra o Palmeiras, em disputa de pênaltis pela semifinal do Campeonato Paulista de 2015. Depois, a equipe que estava bem na Libertadores da América acabou eliminada pelo Guaraní-PAR, por 1x0. Por fim, focado na conquista do Brasileirão daquele ano, o alvinegro foi derrotado pelo Santos por 2x1 e deu adeus à Copa do Brasil.

No ano seguinte, o Corinthians chegou à final do Paulistão junto com a bela equipe do Audax, comandada por Fernando Diniz. E após empatar por 2x2 no tempo normal, a eliminação veio novamente em disputa de pênaltis. No mesmo ano, nova queda na Libertadores. O empate por 2x2 em casa não foi suficiente e o Nacional-URU ficou com a classificação.

Corinthians Osasco Audax Paulista 23042016
Corinthians Osasco Audax Paulista 23042016
Foto: Renato Silvestre/Osasco Audax/Divulgação

Em 2017, pouco antes do título paulista, o clube foi eliminado em mais uma disputa de pênaltis, dessa vez pelo Internacional, na quarta fase da Copa do Brasil. 

Depois, em 2018, o alvinegro não conseguiu passar das oitavas de final da Libertadores. A eliminação também veio em casa, em derrota por 1x0 diante do Colo-Colo, de Valdívia e Lucas Barrios.

Ainda em 2018, apesar de estar em má fase, o Corinthians chegou na final da Copa do Brasil, contra a então forte equipe do Cruzeiro. Quando a partida estava empatada em 1x1, o clube paulista chegou a marcar um gol, com Pedrinho, que foi anulado em decisão polêmica do VAR. Na sequência, os mineiros marcaram com Arrascaeta e ficaram com o título.

A última eliminação veio em 2020, mais uma vez na Libertadores, diante do mesmo Guaraní-PAR. A equipe recém montada com Tiago Nunes no comando até venceu a partida por 2x1, mas o gol sofrido em casa deu a classificação para os paraguaios.

Leia também