Arena de Amsterdã será rebatizada em homenagem a lendário Johan Cruyff

Homenagem a Johan Cruyff, em Wembley, durante amistoso entre Inglaterra e Holanda 29/03/16 Reuters / Stefan Wermuth

AMSTERDÃ (Reuters) - A Arena de Amsterdã será rebatizada em homenagem ao lendário holandês Johan Cruyff, de acordo com um comunicado publicado no site oficial do estádio. 

Um dos maiores jogadores da história do futebol e um de seus técnicos mais influentes e visionários, Cruyff morreu pouco mais de um ano atrás, aos 68 anos de idade, depois de lutar contra um câncer de pulmão durante cinco meses.

"Ao batizar o estádio com seu nome acreditamos que fizemos uma homenagem merecida", disse o comunicado.

"Ele era de Amsterdã e ficou conhecido em todo o mundo por sua contribuição ao futebol como jogador, técnico e filantropo por meio de sua fundação. A cidade tem orgulho do legado que Johan deixou a Amsterdã."

Como jogador do Ajax de Amsterdã, Cruyff foi o deslumbrante garoto-propaganda da filosofia do "futebol total", simbolizada pela magnífica seleção holandesa do treinador Rinus Michels que ele capitaneou até a final da Copa do Mundo de 1974.

Seu filho, Jordi, disse que a família ficou emocionada com o reconhecimento, que será ratificado nos próximos seis meses. A cidade também concordou em batizar uma rua, uma praça ou uma ponte com seu nome nos próximos meses.

A Arena de Amsterdã de 54 mil lugares foi construída em 1996 e é de propriedade do Ajax, da cidade e da empresa que a administra.

(Por Mark Gleeson)

Leia também