Área de incêndio no Flamengo não tem licença de funcionamento

Yahoo Esportes
Thiago Ribeiro/Agif/Gazeta Press
Thiago Ribeiro/Agif/Gazeta Press

A área do centro de treinamento do Flamengo que pegou fogo nas primeiras horas desta sexta-feira não tem licença de funcionamento, informou nota da prefeitura do Rio de Janeiro.  Dez jovens das divisões de base morreram e outros três estão internados após a tragédia.

O local era usado como alojamento, mas de acordo com o comunicado da prefeitura “no projeto protocolado, a área está descrita como um estacionamento.”

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Veja a íntegra da nota:

Sobre o processo de licenciamento do Centro de Treinamento Presidente George Helal, conhecido como Ninho do Urubu, a Prefeitura vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:

  • A atual licença do CT tem validade até 08/03/2019;

  • A área de alojamento atingida pelo incêndio, não consta do último projeto aprovado pela área de licenciamento, em 05/04/18, como edificada.

  • No projeto protocolado, a área esta descrita como um estacionamento;

  • Não há registros de novo pedido de licenciamento da área para uso como dormitórios;

  • Por determinação da legislação em vigor, a coordenação de licenciamento informa que só há inspeção neste tipo de edificação em casos de denúncia;

  • A Prefeitura vai determinar a abertura de um processo de investigação para apurar as responsabilidades.

Leia mais:

Saiba quem são as vítimas de incêndio no Flamengo
Presidente do Flamengo lamenta tragédia e garante apoio às vítimas
Torcida do Fla quer Maraca liberado para homenagens

Leia também