Com arbitragem confusa, Cruzeiro empata e dá adeus ao sonho do 1º lugar

A vitória era necessária para o Cruzeiro seguir sonhando com a liderança do Campeonato Mineiro. O empate diante do Uberlândia, por 2 a 2, na noite desta segunda-feira, no Parque do Sabiá, confronto que fecha a 9ª rodada do Campeonato Mineiro, colocou fim à ideia do técnico Mano Menezes de conseguir tirar do Atlético-MG o primeiro lugar para ter vantagens na fase final.

O jogo não foi tão fácil para o Cruzeiro. O Uberlândia impôs algumas dificuldades. O time da casa abriu o marcador logo no inicio do jogo e se fechou em vários momentos. A Raposa conseguiu empate com pênalti questionável e no segundo tempo virou com gol de Ramon Ábila. No finalzinho da partida, com um golaço, os donos da casa chegaram ao empate e comemoraram bastante.

O Cruzeiro volta a campo no próximo sábado, às 16h (de Brasília), contra o Atlético, no Mineirão, pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro.

Primeiro tempo

O início do jogo foi surpreendente. O Cruzeiro, como buscava a liderança do Campeonato Mineiro, foi pra cima, mas acabou sofrendo o gol aos 7 minutos. Em cruzamento na área, a bola foi desviada, pegou na trave e sobrou para Schumacher colocar a bola para dentro.

O detalhe é que no momento do gol, o Cruzeiro se comportava melhor em campo. E seguiu assim mesmo após sofrer o tento. Buscava mais o tento, chegava com perigo ou criava situações perigosas.

Na metade do confronto, a partida passou a ficar bastante disputada no meio campo, com jogadas mais fortes. A arbitragem, algo também a ser destacado, era confusa e embaralhava a partida em alguns momentos.

No apagar das luzes, com um pênalti questionável, o Cruzeiro chegou ao empate, nos acréscimos do primeiro tempo. Em uma trombada de Ramon Ábila com o zagueiro, Ricardo Marques Ribeiro marcou pênalti, e Rafael Sóbis colocou para o fundo das redes.

Segundo tempo

O Cruzeiro voltou decidido a buscar a liderança no placar. A equipe celeste logo nos primeiros minutos mandou uma bola na trave, com Ramon Ábila. Poucos minutos depois, aos 8, o argentino recebeu a bola na área, finalizou bem e virou o placar para a Raposa.

Com o placar a seu favor, o Cruzeiro passou a segurar mais o jogo. O time celeste controlava a partida, não conseguia agredir muito, entretanto, não levava sustos.

O Uberlândia passou a pressionar o Cruzeiro nos minutos finais. E com um golaço, Caio Dantas chutou de longe e conseguiu o empate.

FICHA TÉCNICA

UBERLÂNDIA 2 X 2 CRUZEIRO

Local: Parque do Sabiá, Uberlândia (MG)

Data: 27 de março de 2017, segunda

Horário: 20h (de Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro

Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Fernanda Nandrea Gomes Antunes

Gols: Shumacher, aos 7 minutos do primeiro tempo, Caio Dantas, aos 47 do segundo tempo (Uberlândia); Rafael Sóbis, aos 46 do primeiro tempo, Ramon Ábila, aos 8 minutos do segundo tempo (Cruzeiro)

Cartões: Rogério, Alê (Uberlândia); Bryan (Cruzeiro)

UBERLÂNDIA – Thiago Braga; Cesinha, Mauro Viana, Bruno Costa e Rogério; Bruno Moreno; Rodney, Alê e Diogo Peixoto (Juninho); Schumacher e Jefersom Berger (Saulo)(Caio Dantas).

Técnico: Catanoce

CRUZEIRO – Rafael, Mayke, Léo, Manuel, Fabrício, Hudson, Ariel Cabral (Bryan), Thiago Neves (Lucas Silva), Alisson, Rafael Sóbis e Ramon Ábila.

Técnico: Mano Menezes