Araruna se coloca à disposição de Ceni para jogar de volante e lateral

Sem poder contar com os seus dois laterais direitos, o técnico Rogério Ceni teve de se socorrer ao volante Araruna nos dois últimos jogos do São Paulo no Campeonato Paulista. Formado como volante, o jogador de 21 anos não decepcionou o seu treinador e se colocou à disposição para atuar nas duas posições.

Araruna atuou improvisado na lateral direita no empate por 1 a 1 com o Corinthians e na vitória por 1 a 0 sobre o São Bernardo. Isso porque Bruno lesionou o tornozelo direito e Buffarini estava à serviço da Argentina nas Eliminatórias da Copa do Mundo.

“Joguei a maior parte da base como volante, mas fui lateral direito por um bom tempo. Isso me deu bagagem para jogar ali, me sinto mais à vontade no meio, mas vou estar à disposição onde o Rogério precisar”, avisou.

Dos jovens recém-promovidos ao time profissional neste ano, Araruna só não esteve mais em campo que Junior Tavares. Enquanto o volante acumula 11 jogos oficiais, o lateral esquerdo soma 14. Conta a favor deste último a chegada tardia de Edimar, um concorrente na posição.

Neste domingo, a partir das 16 horas (de Brasília), no Morumbi, o São Paulo enfrentará o Linense pelo jogo de ida das quartas de final do Campeonato Paulista. Será o primeiro mata-mata do Tricolor no decisivo mês de abril. Araruna, porém, deve começar no banco, já que Buffarini voltou da seleção.

“A rodagem feita pelo Rogério fez com que o nosso time ficasse mais maduro. Chegamos prontos no mata-mata. Os 28 do elenco tiveram oportunidade. Isso é importante porque qualquer um que jogar vai conseguir dar conta do recado”, concluiu.