Araruna analisa quartas no Morumbi: “Responsabilidade aumenta”

O São Paulo renovou o contrato do versátil Araruna até dezembro de 2021- o antigo venceria em março de 2019. Escolhido para conceder entrevista nesta sexta-feira, o volante, que também atua como lateral direito, comemorou a prorrogação do vínculo com o clube pelo qual foi revelado.

“O contrato está de acordo. É um sonho para mim renovar com esse clube, sou são-paulino desde criança”, vibrou o atleta de 21 anos que, promovido em 2017, vem evoluindo fisicamente no time profissional.

“Sempre fui um cara meio magrinho (risos). Fui ganhando massa e experiência, que são coisas necessárias no futebol profissional, e hoje estou preparado para todo tipo de desafio”, assegurou.

Com 11 jogos oficiais na temporada, Araruna, gaúcho de Porto Alegre, ganhou a confiança do técnico Rogério Ceni, principalmente, nas últimas duas partidas, nas quais mostrou desenvoltura mesmo atuando improvisado na lateral direita.

Nesta sexta-feira, não treinou em função de uma tendinite no tornozelo direito, mas não deve ser problema para o primeiro jogo contra o Linense, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

Após consenso entre as duas diretorias, o Morumbi foi escolhido para ser o palco dos dois duelos, tendo a renda dos ingressos dividida entre os clubes, algo visto como benéfico para o time do interior. Araruna entende que a decisão acatada pela Federação Paulista de Futebol implica num acréscimo de responsabilidade para o dono do estádio.

“Se isso foi determinado, temos que brigar para fazer dois bons jogos. A responsabilidade aumenta por ser duas partidas em casa, mas vamos nos preparar bem para passar para a próxima fase”, avaliou o atleta, minimizando a vantagem que o Tricolor terá por estar mais acostumado ao gramado e pelo apoio da torcida.

“Não tem muito essa de gostar ou não, são dois jogos decisivos e precisamos das vitórias”, pontuou. Já o lateral esquerdo Junior Tavares, também presente na coletiva, foi ainda mais sucinto quando perguntado sobre o tema. “Não é nem questão dos jogadores, foi o regulamento. Vamos encarar da melhor maneira possível”, resumiu.