Arana valoriza contrato com o Galo e diz não sentir falta da Europa

Valinor Conteúdo
LANCE!


O retorno do lateral-esquerdo Guilherme Arana ao futebol brasileiro está sendo uma decisão celebrada pelo jogador, que antes de acertar com o Atlético-MG, estava emprestado pelo Sevilla, para a Atalanta, da Itália.

Arana estava tendo poucas chances no futebol italiano e espanhol, daí o desejo de atuar no Brasil , culminando no acerto com o Galo.

O lateral falou, em entrevista à TV Galo que não está sentindo falta da Europa, tratando a passagem no Velho Mundo como um aprendizado.

-Foi um aprendizado. Você chega lá e é tudo novo, muito diferente do Brasil. Eu saí daqui como melhor lateral do Brasileiro e lá não tive tantas oportunidades. Não tive muita sorte também, o treinador que me pediu foi mandado embora. O diretor também. Foi complicado, mas aprendi muitas coisas, não apenas como jogador mas também como pessoa. Cresci muito, entendi muitas coisas. Eu queria permanecer, ter uma sequência boa lá. Mas esse tempo que fiquei serviu de aprendizado. Agora estou num clube bom, com grupo bom, estrutura boa. Não sinto muita falta- disse.






O fator familiar também pesou na volta de Arana para o Brasil, Fato que deixou seus entes queridos satisfeitos.

-Estou feliz e minha família está feliz. Lá, eles ficavam um pouco tristes por não me ver feliz. Voltar a ver todos sorrindo, com a felicidade no olhar, não tem preço. Serviu como aprendizado-disse o jogador, que havia dito que a falta de chances no futebol europeu também contribuíram para sua volta.

- Na Europa as coisas são um pouco diferentes, porque você não tem sequência. Às vezes você joga um jogo, no outro você está na arquibancada assistindo. Isso é difícil, jogador precisa de sequência. Chego no Sevilla em janeiro de 2018, na época que o pessoal está voando. Até você se adaptar é um pouco difícil. Lá, fazendo uma análise, acho que fui bem em todos os jogos que joguei. Fiz um gol no Barcelona e, no outro jogo, não estava nem no banco. São coisas que não entendia, mas é uma cultura, eu respeito. Nunca deixei de trabalhar, nunca deixei de ser profissional dentro do clube-disse.

Guilherme Arana tem contrato com o Galo até o meio de 2021 por empréstimo. Caso queira ficar com o jogador em definitivo, o alvinegro terá de desembolsar 5 milhões de euros(R$ 23 milhões).







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também