Arão de volta ao meio e garotos do Ninho: as opções de Ceni para substituir Gerson contra a LDU

LANCE!


O Flamengo tem dois desfalques de peso e o tempo é curto para Rogério Ceni fazer os ajustes no time para o jogo desta terça, no Equador, contra a LDU. O zagueiro Rodrigo Caio segue fora e Gerson, no último sábado, teve lesão na coxa direita constatada e também não viajou.

Assim, o dilema é para o técnico é definir se faz uma mudança simples - colocando um dos garotos do Ninho na vaga do Coringa - ou opta pelo retorno de Willian Arão, que vem atuando como zagueiro, ao lado de Diego. A única atividade será realizada nesta segunda.

+ Pintou novidade! Veja a evolução dos patrocinadores na camisa do Flamengo

Após a vitória por 3 a 0 sobre o Volta Redonda, na ida da semifinal do Carioca, o técnico Rogério Ceni lamentou a ausência de Gerson, sem indicar o substituto.

- É um jogador difícil de substituir, mas temos jogadores que trabalharam hoje (sábado). Vamos achar uma maneira para que alguém possa fazer uma função necessária e a gente faça um bom jogo - comentou o técnico do Rubro-Negro.

> Confira a classificação e a tabela da fase de grupos da Copa Libertadores!

A TROCA 'SIMPLES': JOÃO GOMES OU HUGO MOURA?

As opções da posição disponíveis para a partida desta terça são Hugo Moura e João Gomes, atletas formados nas divisões de base do Flamengo. Acionados com frequência neste início de temporada, os garotos do Ninho têm correspondido a confiança do técnico Rogério Ceni com bons desempenhos.

Entre os dois, João Gomes é o mais jovem e o que se apresenta com maior potencial desde a base. Aos 20 anos, o camisa 35 tem recebido elogios, e, em sua segunda temporada profissional pelo Flamengo, soma 26 partidas. A partida contra a LDU pode ser a sua estreia como titular na Copa Libertadores.

Hugo Moura, por sua vez, tem mais experiência como profissional. Aos 23 anos, ele retornou ao Flamengo após empréstimo ao Coritiba e soma oito partidas na temporada atual. No último sábado, contra Volta Redonda, ele atuou os 25 minutos finais do jogo ao lado de Diego Ribas no meio-campo, o que pode ter sido um teste de Rogério Ceni de olho no confronto diante da LDU.

+ Flamengo embarca para Quito, e Pedro mira vitória para 'encaminhar classificação' na Libertadores

Treino Flamengo - João Gomes
Treino Flamengo - João Gomes

João Gomes pode receber chance como titular (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O RETORNO DE WILLIAN ARÃO AO MEIO DE CAMPO

Outra alternativa é "devolver" Willian Arão ao meio de campo, formando o setor ao lado de Diego, Everton Ribeiro e Arrascaeta, que já jogaram juntos inúmeras vezes. O camisa 5, contudo, atua como zagueiro desde o final da última temporada. Essa opção, contudo, obrigará uma mudança na defesa.

Entre os zagueiros, com a ausência de Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Bruno Viana têm revezado ao lado de Arão. Os dois só iniciaram uma partida juntos como titulares: a vitória sobre o Volta Redonda, pela última rodada da Taça Guanabara. No jogo deste sábado, pela semifinal do Estadual, Bruno Viana começou no banco, mas entrou no lugar de Arão e atuou os 30 minutos finais ao lado de Gustavo Henrique na defesa.

Entre os relacionados, ainda há Léo Pereira, em baixa, mas reintegrado após ficar fora da semifinal do Carioca por conta da falta ao treino na última quinta.