Arábia Saudita corre contra o tempo para receber seu primeiro GP de Fórmula 1

·2 minuto de leitura
Trabalhadores estão 'correndo contra o tempo' para finalizar o Jeddah Street Circuit antes do Grande Prêmio da Arábia Saudita (foto de 27 de setembro de 2021) (AFP/Fayez Nureldine)

A Arábia Saudita está imersa em uma corrida contra o tempo em seus preparativos para organizar seu primeiro Grande Prêmio de Fórmula 1, em 5 de dezembro, disse um funcionário do comitê organizador à AFP.

A corrida vai acontecer na noite de 5 de dezembro e deve ser a penúltima da temporada de F1 de 2021, que contará com 22 provas no total, um recorde apesar da pandemia de covid-19.

As autoridades sauditas correm para concluir todos os preparativos para o evento a tempo, disse à AFP um chefe do comitê organizador que pediu anonimato, afirmando que o trabalho estava sendo realizado "24 horas por dia" no local, onde há guindastes e edifícios ainda em construção.

Apesar da crise sanitária, há uma "forte demanda por ingressos" para o Grande Prêmio, disse o chefe da Federação Saudita de Automobilismo e Motociclismo, o príncipe Khalid bin Sultan, em uma visita ao local no início desta semana em Jeddah, a grande cidade costeira do oeste.

O Grande Prêmio de Fórmula 1 da Arábia Saudita será disputado no circuito de rua mais rápido da modalidade, com velocidade média que pode chegar a 250 km/h, segundo seus organizadores.

O traçado, com 6,175 km de extensão e 27 curvas, será o segundo mais longo do calendário da F1.

Seguindo o caminho de seus vizinhos do Golfo, como os Emirados Árabes Unidos e o Catar, a Arábia Saudita multiplicou os grandes eventos esportivos dentro de suas fronteiras nos últimos anos, com o intuito de desenvolver o setor de entretenimento e melhorar sua imagem, prejudicada pelas críticas relacionadas a violações dos direitos humanos.

O reino ultraconservador já é a sede do rali Dakar e das corridas de Fórmula E (carros elétricos). No futebol, foram organizadas no país as Supercopas da Espanha e da Itália, em 2020 e 2019, respectivamente.

Organizações de defesa dos direitos humanos criticam regularmente a realização desses grandes eventos esportivos na Arábia Saudita, que dizem ter o objetivo de "encobrir" a imagem do reino que realiza uma repressão implacável contra vozes críticas.

fn-ht/aem/ole/bpa/gh/iga/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos