Aprovado em 'teste', Militão tem promoção confirmada no São Paulo

Bruno Grossi e Gabriel Carneiro

O São Paulo terá uma novidade no elenco para a sequência da temporada. Aos 19 anos, o garoto Militão, testado ao longo do último mês, foi promovido de vez ao grupo profissional. Versátil, o jogador pode atuar como zagueiro ou volante e agradou muito ao técnico Rogério Ceni após testes no CT da Barra Funda.

No início de abril, o Mito resolveu integrar Militão ao elenco principal para observar mais de perto o talento já destacado com o time sub-20 na temporada passada - participou dos títulos da Copa do Brasil e do Campeonato Paulista. O desempenho foi aprovado e agora o jovem é visto como solução para permitir que o grupo seja reduzido.

Como pode ser zagueiro ou volante, ele pode fazer com que um dos seis zagueiros - entre Douglas e Breno, possivelmente - ou o volante Wellington percam ainda mais espaço. Ceni enxerga a joia como substituto imediato de Jucilei, assim que João Schmidt deixar o Tricolor. O camisa 15 tem pré-contrato com o Atalanta (ITA) e sairá em julho.

Militão chegou a ser observado no profissional ainda em 2016, sob o comando de Edgardo Bauiza. O técnico argentino levou o defensor, então na transição do sub-17 para o sub-20, para completar os treinos diante das reduzidas opções para a zaga. Foram quase quatro meses no CT até voltar a Cotia.

No elenco atual, o número de jogadores que passaram pela base do São Paulo agora é de 12: Lucas Perri (goleiro); Júnior Tavares (lateral-esquerdo); Rodrigo Caio, Lucão, Breno (zagueiros); João Schmidt, Militão, Wellington, Araruna (volantes); Lucas Fernandes, Shaylon (meias); Luiz Araújo (atacante).







E MAIS: