Aprimorando físico, Jucilei recebe elogios e cobranças de Ceni

A partida contra o Santo André no último domingo foi apenas a segunda de Jucilei com a camisa do São Paulo e a primeira no Morumbi. O volante começou como titular e suportou 67 minutos de jogo. Ganhando espaço gradativamente no Tricolor, ele se diz mais à vontade em campo e prevê adquirir condições físicas para jogar uma partida inteira em breve.

“Estou me sentindo bem melhor. Desde que eu cheguei aqui tenho trabalhado forte e já pude aguentar 67 minutos. Agora é ir aprimorando, não temos muito tempo porque tem jogo quarta e domingo, quarta e sábado, então é mais na sequência de jogos e daqui a pouco vou ter condições para jogar 90 minutos”, disse, confiante.

Contratado por empréstimo de um ano junto ao Shandong Luneng-CHN, Jucilei ajudou a construir a vitória por 4 a 1 sobre o Santo André ao roubar a bola e iniciar o contra-ataque que culminou com o gol de Cueva, o segundo do Tricolor no duelo. O volante também foi bem na marcação e deu segurança ao sistema defensivo.

“É sempre bom ajudar, ainda mais saindo um gol numa roubada de bola. Estou sempre à disposição para ajudar o São Paulo na marcação, protegendo a defesa. Isso é que o Rogério me pede”, vibrou, explicando como é fazer parte do sistema defensivo de um time que preza pelo ataque – tem o melhor do Campeonato Paulista, com 21 gols.

“Sem a bola, tem que marcar. Com a bola, jogar, manter a posse, rodar, tocar o tempo todo e achar os espaços para fazer o gol. O futebol de hoje tem que marcar, correr, não pode dar espaço, só assim você ganha jogo”, concluiu o jogador de 28 anos, que recebeu elogios e cobranças do treinador.

“O Jucilei tem muita qualidade técnica, só precisa de uma melhora na forma física. Um ótimo cabeça de área, tem boa estatura, tem todos os pré-requisitos que gosto, sabe jogar, protege bem a bola, mas precisa melhorar para jogar 90 minutos, sem que a gente queime uma substituição”, avaliou Rogério Ceni.