Apresentados pelo Corinthians, Jemerson e Jonathan Cafú avisam: 'Vamos dar alegria aos corintianos'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Na tarde desta terça-feira, o Corinthians apresentou seus dois novos reforços para a temporada 2020: Jemerson e Jonathan Cafú. Em entrevista coletiva virtual bem descontraída, a dupla mostrou o cartão de visitas e demonstrou muita disposição para fazer história com a camisa alvinegra. A estreia, porém, vai depender de outros fatores que passarão pela comissão técnica do clube.

- Pressa tem, vontade, ansiedade. Gostaria de jogar sábado. Tem que ver com a comissão técnica, respeitar os companheiros, trabalhar o máximo. Ganhar esse tempo perdido sem jogar. Dedicação no dia a dia vai trzer o meu nível. Comissão (técnica) verá quando eu estiver preparado para atuar - disse Jemerson antes de completar:

- Eu acho que isso (possibilidade de estrear sábado) é no dia a dia, nos treinamentos. Fiz o segundo treino com o grupo. Vamos vendo a evolução. Fisicamente estou bem. Pesa o ritmo de jogo que é diferente do treinamento. Coisa específica te ajuda a chegar bem. No dia a dia. Se depender de mim, eu já estrearia sábado, mas é decisão tomada em conjunto - concluiu o zagueiro.

- Não pode trocar o pé pelas mãos. Tem que trabalhar, tem que ver no dia a dia. Passar pela comissão técnica, pelo Mancini, para ver se estaremos no nível grande. Vamos esperar. Dar tempo ao tempo. Estar no maior nível possível - declarou Jonathan Cafú, também adotando um tom cauteloso sobre a estreia.

Apesar de não quererem antecipar suas primeiras partidas com a camisa do Timão, o zagueiro e o atacante não esconderam a vontade de estarem em campo o mais rápido possível para mostrarem a que vieram. Ambos reconhecem que ainda precisam entrar no ritmo ideal, mas prometeram trabalhar forte para equilibrar isso o quanto antes para ajudar o time.

- Vou me dedicar ao máximo, voltar a minha forma ideal. Não estou. Fisicamente estou bem. Mas jogo é diferente de treinar algumas horas. Vou me dedicar ao máximo para estar no nível dos demais - afirmou Jemerson.

- Chego para ajudar, ficar em forma o mais rápido possível. A cobrança num time como esse vai existir. Isso faz o Corinthians ser grande. Por pressão mesmo, pela torcida. Vou me preparar o mais rápido possível para ficar à disposição do Vagner Mancini - garantiu Jonathan Cafú.

O atacante diz que pode ser o jogador de velocidade pelas pontas que tanto o clube procura, mas afirmou que seu objetivo é mostrar seu potencial e seu trabalho dentro de campo da melhor forma possível. Acima de tudo, o desejo de Cafú e também de Jemerson é trazer alegria para o torcedor do Corinthians.

- Posso ser sim. Eu vim para ser esse jogador de profundidade. Mancini pode contar comigo. Só quero mostrar meu potencial, meu trabalho. Dar alegria para essa torcida aqui - finalizou o ex-Bordeaux.