Apple revela iOS 14 com widgets, e usuários comparam ao Android

Yahoo Finanças
Widgets foram a principal novidade apresentada pela Apple no iOS 14
Widgets foram a principal novidade apresentada pela Apple no iOS 14

A Apple realiza a partir desta segunda-feira (22) seu evento anual para desenvolvedores, o WWDC, onde anuncia novidades de seu ecossistema de produtos e software. Durante a apresentação de abertura, realizada virtualmente por conta da pandemia, um dos momentos mais aguardados foi o anúncio da nova versão de seu sistema operacional mobile o iOS 14. Este é o SO que equipa alguns dos produtos mais populares da empresa, como os iPhones e iPads. 

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Finanças no Google News 

Esta é talvez a maior mudança do iOS desde o seu lançamento, com uma tela inicial redesenhada. E uma das características novas que mais chamaram a atenção é que agora essa tela terá não apenas ícones dos aplicativos, mas também widgets. Sim, widgets – os mesmos que existem há anos em sistemas operacionais rivais como o Android, da Google. 

Leia também

Essencialmente, o widget é uma forma de pré-visualização do conteúdo trazido pelo aplicativo, já na tela inicial do sistema. Por exemplo, os apps de horas e previsão do tempo podem exibir suas informações sem a necessidade de serem abertos. Assim como nos sistemas rivais, o usuário pode organizar esses widgets da forma que achar mais conveniente na tela. 

No Twitter, usuários fizeram piada com a Apple por conta da aparente “cópia”.

Outros usuários, no entanto, rebateram, sugerindo que a implementação do sistema no novo SO da Apple seria superior ao dos rivais.

Além do polêmico sistema de widgets, o iOS 14 oferece aos usuários outras funções, entre elas organização de aplicativos automática em “pastas”, nova ferramenta de tradução, e mudanças na visualização do sistema de chamadas e da Siri, ambos menos intrusivos.

O novo sistema operacional será lançado durante a primavera, ainda este ano. 

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também