Apostando nos jovens, Ronald Koeman consegue regularidade no Barcelona pela primeira vez na temporada

Lucas Humberto
·2 minuto de leitura

Quando o Barcelona foi derrotado pelo Athletic Bilbao na Supercopa da Espanha, era de esperar que o ímpeto dos culés diminuísse. No entanto, a equipe de Ronald Koeman segue estável e parece finalmente ter encontrado seu caminho na temporada.

Após testar várias formações táticas, o treinador conseguiu equilibrar a base do seu time através de um eficiente 4-3-3. Deslocando Frenkie de Jong para direita, Griezmann pelo lado esquerdo e Messi como falso 9, Koeman está começando a ver o Barcelona se encontrar em campo.

Frenkie de Jong, um dos pilares do trabalho de Koeman, está cada dia mais completo e versátil em campo. | Soccrates Images/Getty Images
Frenkie de Jong, um dos pilares do trabalho de Koeman, está cada dia mais completo e versátil em campo. | Soccrates Images/Getty Images

O técnico, que chegou em setembro do ano passado, ainda lida com as crises econômicas, políticas e internas do clube, incluindo a saída de Suárez, lesão de Piqué, indecisão de Messi e a dívida que soma mais de 1 bilhão de euros.

Assim, é preciso ressaltar o qualificado trabalho do treinador, ainda que alguns problemas sejam evidentes. Contratado para conduzir o clube neste momento de transição, a regularidade do Barcelona chega no momento certo: antes dos jogos de volta da Champions League. Mesmo que a boa fase não seja convertida em títulos, é significativo ver o retorno dos bons jogos da dinastia culé.

Trabalho de base

Parecia incoerente não aproveitar todo potencial de Frenkie de Jong - e era exatamente isso que os torcedores estavam vendo. Porém, Koeman apostou na consistência do jogador pela direita e tem colhido bons frutos até aqui.

Esse, no entanto, não foi o único trunfo do treinador com os jovens do Barcelona. Aliás, o técnico está fazendo um grande favor ao mundo futebolístico revelando grandes nomes para o cenário mundial - atletas como Pedri, Ansu Fati e Ronald Araújo estão aproveitando todas as oportunidades possíveis.

Pedri, de 18 anos, talvez seja a grande revelação da temporada. Em campo, o entrosamento do jovem com Messi é primoroso. Araújo, por sua vez, vem desempenhado bem a função nada fácil de substituir Piqué.

Com mais algumas peças, sobretudo um centroavante, é possível que o Barcelona consiga alçar voos mais altos. Contudo, reconhecer o trabalho de Koeman na restruturação da equipe é o primeiro passo para que o clube volte aos seus melhores dias.

No próximo domingo (31), o Barcelona enfrenta o Athletic Bilbao pela LaLiga. A partida acontece no Camp Nou, às 17h de Brasília.