Aposta para 2021, John Kennedy é monitorado na Europa e observado pelo profissional do Fluminense

Luiza Sá
·3 minuto de leitura


É impossível acompanhar a base do Fluminense e não ter ouvido falar de John Kennedy. Uma das maiores joias formadas atualmente no clube, o atacante de 18 anos é destaque e artilheiro do time Sub-20 nesta temporada, aparecendo também no time de Aspirantes. Pedido frequente da torcida na equipe principal, ele pode ser uma das surpresas no elenco profissional ao longo deste ano, apesar da pouca idade. Na eliminação para o Flamengo nas quartas de final do Brasileirão, o centroavante marcou o segundo gol do Tricolor, mas acabou perdendo um pênalti na disputa final.

> Renovam ou saem? Confira 30 bons jogadores do futebol brasileiro em último ano de contrato

Apesar do resultado adverso no fim das cobranças de penalidades, John Kenney soma bons números contra o rival rubro-negro. Ele marcou o gol tricolor no jogo de ida, na Gávea, e é conhecido como "carrasco" em Xerém por ter feito muitos gols, alguns decisivos, contra o Flamengo, como no título carioca sub-17 em 2019. Só naquele ano foram cinco no confronto.

Foi com Marcão que John Kennedy acabou tendo oportunidades no time Sub-23 e a ascensão do treinador ao time principal pode ajudar a joia, que é observada cada vez mais de perto pela comissão. O que joga a favor do jogador é sua polivalência no ataque, com o ponto forte como segundo atacante, ao lado de um camisa 9. Esta é justamente uma posição que o time profissional ainda tenta encontrar a melhor formação para acompanhar Fred.

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Na temporada, o atleta fez 21 jogos pelo Sub-20, com 13 gols, e sete pelo time de Aspirantes, marcando duas vezes. Natural de Itaúna, em Minas Gerais, o jogador chegou a Xerém aos 15 anos, em 2017. O crescimento na base foi tão rápido que, em setembro de 2020, o jovem renovou o contrato até 2024 com multa rescisória de 40 milhões de euros (R$ 259,50 na cotação atual).

A multa e o contrato longo são uma forma de o Fluminense se precaver. Em julho, o jornal português “A Bola” noticiou que o Benfica (POR) monitora a situação do atacante. Ele, ao lado de Marcos Paulo e Luiz Henrique, são as joias da vez no Tricolor, que tem como previsão cerca de R$ 85 milhões em vendas para 2021.

- São garotos valorosos. O Samuel tem jogado direto no sub-23, é um processo que temos que respeitar com o clube e com Xerém. O John (Kennedy) vem treinando mais no sub-20, mas está bem perto de nós. Estamos olhado com carinho. Gosto demais desses jogadores, além do Matheus Pato. São jogadores que trabalham bastante e estão mostrando que daqui a pouco eles podem estar, sim, juntos com o nosso plantel profissional - disse Marcão ao ser questionado em uma entrevista coletiva.

Independentemente de subir ao profissional ou não, John Kennedy ainda poderá ser visto no Campeonato Brasileiro de Aspirantes. O Fluminense está na semifinal do torneio, contra o Vila Nova, nos próximos dias 7 e 14.