Aposta em Sock mantém esperança dos EUA viva na Copa Davis

SYDNEY (Reuters) - Os Estados Unidos mantiveram viva a esperança de alcançar as semifinais da Copa Davis, à medida que a dupla formada pelos norte-americanos Jack Sock e Steve Johnson deu a volta por cima para vencer neste sábado os australianos Sam Groth e John Peers por 3-6, 6-3, 6-2, 2-6, 6-3, em Brisbane, na Austrália.

Os norte-americanos precisavam da vitória para continuar nas quartas de final após Jordan Thompson vencer Sock por 6-3, 3-6, 7-6(4) e Nick Kyrgios vencer facilmente de John Isner por 7-5, 7-6(5), 7-(5), na abertura do simples na sexta-feira.

O capitão da equipe dos EUA, Jim Courier, arriscou ao levar Sock no lugar de Sam Querrey, embora o número 1 dos EUA tenha acumulado 66 erros não forçados em sua derrota para Thompson, número 79 do mundo.

Apesar de um início turbulento, a aposta deu certo, à medida que Sock e Johnson prevaleceram em uma partida de altos e baixos na lotada arena Pat Rafter.

    Johnson fechou a vitória ao acertar um longo forehand no fundo da quadra após duas horas e meia de jogo e levar os norte-americanos de volta à chave com 2 – 1.

    “Jordan jogou muito bem ontem, mereceu a vitória e foi o melhor jogador, mas hoje tivemos que reunir e sair para conseguir a vitória”, disse Sock, número 15 do mundo e que irá enfrentar Kyrgios, em excelente forma, pelas partidas de simples no domingo.

Sock aparentava ainda estar para baixo pela derrota na sexta-feira, na qual a Austrália acelerou para uma liderança por 4 - 1 no primeiro set e Peers marcou um ace para fechá-lo aos 27 minutos.

Os norte-americanos voltaram à partida para igualar no segundo set, no entanto, e quebraram os australianos duas vezes para fechar uma liderança de 3 x 0 e conquistar o terceiro.

    Os anfitriões trouxeram os espectadores de volta ao jogo quando uma devolução de forehand de Groth bateu na linha e deu à Austrália um break decisivo para 4 – 2 no quarto, mas os norte-americanos se uniram para reivindicar o decisivo.

    Os dois países têm 60 títulos da Copa Davis juntos, mas a Austrália não vence desde que conquistou seu 28º, em 2003, enquanto os Estados Unidos conquistaram seu 32º uma década atrás.

O prêmio pela vitória em Brisbane é uma semifinal contra a Bélgica ou Itália.

(Por Nick Mulvenney)