Aposentado, Miranda revela desapontamento que enfrentou em seu último ano no São Paulo

Miranda esteve na campanha do último título conquistado pelo São Paulo (Foto: Divulgação/São Paulo)


Ídolo e campeão pelo São Paulo, Miranda anunciou sua aposentadoria nesta última semana. Entretanto, o ex-zagueiro comentou sobre uma frustração que enfrentou no final da sua carreira no Tricolor, na última temporada.

Segundo o ex-jogador, uma das suas maiores decepções foi ter ficado fora da final do clube na Copa Sul-Americana, em 2022. O São Paulo enfrentou o Independiente Del Valle, em Córdoba, mas foi derrotado por 2 a 0 e perdeu a chance de romper um jejum de títulos internacionais, mantido desde 2012.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Campeonato Paulista: saiba os clubes com mais títulos na história

Veja tabela do Campeonato Paulista e simule os próximos jogos

Acompanhe as negociações do São Paulo no novo Mercado da Bola do LANCE!

Em entrevista ao 'GE', Miranda revelou que estava tudo favorável para o clube vencer, mas faltou 'malandragem'. Para ele, era preciso mais experiência em um momento como aquele.

– Estava tudo favorável para a gente vencer, mas acho que faltou um pouco de experiência, malandragem, faltou um pouco de ser o São Paulo. Acho que em momentos assim, que a própria camisa vence sozinha... Acho que é questão de jogar mais finais. Se eu não confiar no meu trabalho... Se eu tivesse jogando o São Paulo estaria muito mais próximo da vitória do que da derrota - disse.

De acordo com Miranda, ter ficado no banco de reservas foi algo que o deixou 'triste'. Esta era a última oportunidade do atleta ser campeão pelo Tricolor paulista - um dos clubes em que mais fez história vestindo a camisa.

– Foi triste ficar de fora de uma final, e mais triste ainda ver o São Paulo derrotado comigo no banco e sem poder fazer nada. Eu fiquei de mãos atadas. O que podia fazer era apoiar meus companheiros e foi o que fiz. Infelizmente a gente não venceu - relembrou.

No Morumbi, o defensor virou ícone, conseguiu suas primeiras convocações para a Seleção Brasileira e foi peça fundamental da conquista do tricampeonato Brasileiro consecutivo, até hoje feito inédito no país.

Pelo Tricolor, Miranda fez 342 jogos e marcou 12 gols. Além dos troféus nacionais, conquistou também o Campeonato paulista de 2021.