Aposentado aos 31 anos, Thiago Pereira se diz "realizado" com carreira

LÉO BURLÁ

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O nadador Thiago Pereira confirmou nesta quarta-feira (29) que está se aposentando das piscinas, conforme o jornal 'Folha de S. Paulo' havia noticiado mais cedo. O atleta de 31 anos falou com a reportagem durante o Prêmio Brasil Olímpico, evento anual do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) que premia os melhores atletas do ano.

"Estou bem tranquilo, mas era para ser surpresa. Olho para trás e me sinto realizado com a minha carreira. O mais importante é que estou com disposição para seguir", disse.

Nascido em Volta Redonda, no Rio de Janeiro, Thiago tem no currículo uma medalha de prata olímpica (400 m medley em Londres-2012), além de três medalhas em Campeonatos Mundiais: bronzes nos 200 m medley e nos 400 m medley em Barcelona-2013, e prata nos 200 m medley em Kazan-2015.

Ele também é o maior medalhista da história dos Jogos Pan-Americanos, com 23 subidas no pódio. Em quatro edições (Santo Domingo-2003, Rio-2007, Guadalajara-2011 e Toronto-2015), foram 15 ouros, quatro pratas e quatro bronzes.

Em 2016, Thiago disputou em casa sua última Olimpíada, mas não conseguiu medalha na única prova individual que nadou. O atleta terminou em sétimo lugar na final dos 200 m medley.