Após visita de executivos, ESPN prepara novo visual e programação

Yahoo Esportes
Logo da ESPN, que no Brasil ganhará nova identidade visual e programação (Kevin Abele/Icon Sportswire via Getty Images)
Logo da ESPN, que no Brasil ganhará nova identidade visual e programação (Kevin Abele/Icon Sportswire via Getty Images)

Após o anúncio da saída de nomes conhecidos da ESPN Brasil há duas semanas, executivos da marca na Argentina e EUA visitaram a sede a emissora em São Paulo e conversaram com a direção sobre os passos que estão sendo traçados.

Membros da equipe jornalística do canal ouviram durante encontro com os executivos semana passada, que a linha editorial da emissora, sua principal marca, será mantida e que não há interesse em adotar um viés voltado ao entretenimento.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

Haverá, porém, mudanças na identidade visual e alteração do formato de programas. As atrações passarão por reformulação de cenário, tempo de grade, pacote gráfico, bem como novidades no time de apresentadores e comentaristas.

Demissões estão descartadas, mas novos nomes devem chegar em breve, inclusive de mulheres, conforme já havia sido adiantado pelo blog.

O blog apurou que foi bem recebida a chegada de um executivo da ESPN de Los Angeles, que será um dos principais responsáveis pela mudança nos cenários da emissora no Brasil, trazendo inspiração dos programas e estúdios consagrados pela emissora nos EUA. Embora as principais mudanças no layout estejam planejadas apenas para 2020, dentro das próximas semanas a ESPN Brasil já deve realizar ajustes na grade e nos formatos de algumas das atrações. O SportsCenter, marca consolidada internacionalmente pela ESPN, deve ganhar mais espaço.

Na linha de valorizar a marca “SportsCenter”, a ESPN Brasil já lançou na última semana o “SportsCenter Minuto a Minuto”, no qual transmitiu os jogos entre Athletico-PR x São Paulo, pelo Brasileiro; e Corinthians x Fluminense, pela Sulamericana. Sem os direitos, a emissora fez transmissões, inspiradas no rádio, com imagens gravadas das torcidas e conteúdo ao vivo produzido do lado de fora dos estádios.

A direção, internamente, avaliou como “positiva” a iniciativa, com base na audiência. Apesar de ter consciência da importância do canal contar com direitos de transmissão de eventos de relevância, por outro lado a direção não pretende fazer loucuras, dado o inflacionamento de valores de eventos no mercado brasileiro.

Na reformulação, dois profissionais com mais de duas décadas de casa assumiram as chefias de redação e produção, Rubens Pozzi e João Simões, respectivamente. Com a saída de João Carlos Albuquerque, André Plihal,na ESPN desde 1998, comandará, ao menos interinamente, o programa de entrevistas “Bola da Vez”.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes |


Leia também