'Sheetara' aposta em agressividade para tirar rival da zona de conforto no UFC Brasília

AgFight

Afastada dos octógonos há mais de um ano, Mayra ‘Sheetara’ se prepara para enfrentar Maryna Moroz no dia 14 de março, no UFC Brasília, e buscar sua segunda vitória na organização. Completamente recuperada após passar por cirurgia no joelho, a brasileira promete manter sua característica agressiva para ‘infernizar’ a vida da ucraniana.

Após conquistar um contrato com o Ultimate através da versão brasileira do programa ‘Contender Series’, Mayra estreou na organização com vitória por finalização sobre Gillian Robertson, em setembro de 2018. No entanto, uma lesão ligamentar no joelho esquerdo da lutadora a obrigou a passar por um procedimento cirúrgico, razão pela qual ‘Sheetara’ precisou se afastar dos octógonos. Invicta na carreira, a atleta da academia ‘Chute Boxe Diego Lima’ aposta em seu estilo impetuoso para conseguir mais um triunfo e manter sua invencibilidade no MMA profissional.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Ela gosta de controlar e fazer lutas tranquilas. Mas é tudo isso o que eu não gosto de fazer. Meu estilo é sempre agressivo e vou colocá-la em perigo. Não gosto de deixar a decisão na mão dos árbitros e, pode ter certeza, que ela não terá nenhum conforto nessa luta. Eu a avalio como uma boa lutadora, que vai bem em todas as áreas da luta. No entanto, ela nunca enfrentou uma atleta tão agressiva quanto eu. A minha estratégia é ir para cima como sempre. Chute Boxe na cabeça”, declarou Mayra, em relato divulgado à imprensa, antes de garantir estar totalmente recuperada de sua lesão.

“Minha recuperação foi excelente. Me tratei com os médicos do Instituto Vita e com os meus fisioterapeutas Sérgio e Gilvam. O tratamento que recebi foi sensacional, melhor impossível. Eu nem me lembro que fiz uma cirurgia no joelho”, concluiu a lutadora, que compete no peso-mosca (57 kg).

Uma das principais promessas do MMA feminino nacional, Mayra ‘Sheetara’ venceu todos os cinco combates que disputou em sua carreira profissional até o momento. Por sua vez, Maryna Moroz soma nove triunfos e três reveses em seu cartel.

Leia também