'Primeira referência do futebol brasileiro', relembra Jesualdo sobre Santos em Portugal

Jesualdo exaltou o quinteto ofensivo que o Santos tinha nos anos 60 (Foto: AFP)
Jesualdo exaltou o quinteto ofensivo que o Santos tinha nos anos 60 (Foto: AFP)


O novo técnico do Santos, Jesualdo Ferreira, se despediu do Canal 11, de Portugal, na última sexta-feira, relembrando da época em que assistiu o Alvinegro do quinteto ofensivo composto por Pelé, Pepe, Mengálvio, Coutinho e Dorval.

Em 1962, o Santos encarou o Benfica-POR em dois jogos pela final do Mundial. Jesualdo pôde assistir no estádio da Luz, em Portugal, a partida da volta que consagrou o Peixe como campeão.

- Primeira grande referência que eu tive do futebol brasileiro foi o Santos. Em 1962, eu ainda era novo, o Santos disputa com o Benfica-POR o campeonato intercontinental. O Santos tinha Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe, este era o ataque. Ganharam do Benfica no Brasil por 3 a 2 e depois foram ao estádio da Luz e eu pude assistir a estes jogadores maravilhosos - contou o novo técnico do Santos.




A partir de então, Jesualdo adotou o Santos como seu clube de coração no Brasil. Além disso, mencionou o Flamengo como um time que está se estruturando para ser um dos maiores do mundo.

- O Santos ficou nesta altura o meu clube no Brasil, mas nunca me vinculei muito ao Santos. Via o Flamengo que era o maior clube do mundo, agora o Flamengo talvez ocupe novamente isso, porque foi capaz de chegar onde chegou e agora a dúvida lá é para ver se consegue manter. O Santos se mantém no seu cantinho, impressionante como o Santos tem o mesmo estádio que tinha há 70 anos. Pequeno, cabem 17 mil pessoas e foi apenas reformado, um estádio que o Pelé jogava - afirmou.

Jesualdo assinou por um ano com o Santos na última segunda-feira. Ele deve ser apresentado nos primeiros dias de janeiro de 2020.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também