Após morte da mãe, Luciano Hang volta a protestar contra isolamento social

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Luciano Hang. (AP Photo/Leo Correa)
Luciano Hang. (AP Photo/Leo Correa)

O empresário bolsonarista Luciano Hang, que chegou a ser internado recentemente junto à sua esposa depois de contrair o novo coronavírus, e que perdeu a mãe por conta da COVID-19, voltou a se engajar em movimentos contrários às medidas de isolamento para conter o espalhamento do vírus.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

As informações são da Folha de S.Paulo.

Leia também:

Segundo o jornal, Hang viajou para Bauru, cidade do interior de São Paulo, nesta sexta-feira (12), para integrar um protesto que pede a reabertura do comércio no município.

Bauru se encontra atualmente na fase vermelha, a mais dura em restrições dentro das categorizações estabelecidas pelo estado de São Paulo.

Ele cedeu ainda o estacionamento de uma loja da Havan para a realização do protesto.

Nesta semana, Hang falou também sobre a morte da mãe, vítima da COVID-19. Em entrevista à revista Veja, ele disse que lamenta não ter recorrido a remédios comprovadamente sem eficácia, como a cloroquina, no tratamento da mãe. “Talvez ela tivesse se salvado”, disse Hang à revista.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube