Sarah se defende após minimizar pandemia no BBB 21: "Festas regulamentadas"

Stefanie Gaspar
·2 minuto de leitura
Sarah fala com Ana Maria Braga sobre pandemia da Covid-19
Sarah fala com Ana Maria Braga sobre pandemia da Covid-19

Em sua entrevista com Ana Maria Braga na manhã desta quarta-feira (31), Sarah foi pressionada a se posicionar a respeito das declarações polêmicas que deu na casa do 'BBB21' a respeito da pandemia da Covid-19. Sarah chegou a brincar com o uso de máscaras, além de revelar que nunca parou de sair durante o isolamento social e que continuou frequentando festas, tendo inclusive ido parar no hospital após cair durante uma bebedeira.

"Estava melhorando quando eu entrei [a pandemia]. A única coisa que eu tenho que fazer é pedir desculpas às famílias das vítimas. Os lugares que eu fui eram festas regulamentadas. Mas isso não tira o meu erro, desculpem", declarou a sister. Apenas em território brasileiro, 318 mil pessoas morreram de Covid-19 até esta quarta-feira (3), com uma média de mais de 2 mil mortes por dia. 

As declarações de Sarah sobre a Covid-19

A gota d'água em relação à imagem da sister foi durante a festa do líder Fiuk, quando Sarah deixou o público chocado ao dar risada da seriedade da pandemia da Covid-19 e se revelar negacionista, confessando para Arthur que nunca deixou de sair para festas durante o isolamento social. Até o momento, o Brasil tem mais de 285 mil mortes pela pandemia da Covid-19. "Quando me ligaram para a entrevista, falaram para mim: 'Pandemia não existe pra você? Ninguém tá morrendo pra você?'. Oxi, e eu falei, eu não tô sentindo nada!", riu Sarah.

Após a declaração, Ellen Peters, amiga que cuidava das redes sociais de Sarah, afirmou que estava deixando o cargo por divergências. "Devido aos questionamentos que tenho recebido, comunico que, por divergir de determinados posicionamentos e gestão de imagem e pessoas feitos desde 14/03 em nome e nos perfis da minha amiga Sarah Andrade, não faço mais parte da assessoria e administração das redes sociais dela".

Apoio a Bolsonaro

A situação da sister piorou ainda mais na casa quando resolveu demonstrar seu apoio ao presidente Jair Messias Bolsonaro.

Os participantes conversavam no quarto colorido quando começaram a especular o que pode ter acontecido no país durante o confinamento. O impeachment do presidente foi sugerido, mas Sarah não concordou: "Impeachment de algum presidente, de algum país? Não do nosso, eu gosto dele!", disparou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.