Após goleada sofrida, auxiliar de Jesus mantém fala de permanência

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Flamengo
    Flamengo
  • Jorge Jesus
    Treinador e ex-futebolista português
PORTO, PORTUGAL - DECEMBER 23: The assistant manager, Joao de Deus of SL Benfica in action during the Taca de Portugal round of 16 match between FC Porto and SL Benfica at Estadio do Dragao on December 23, 2021 in Porto, Portugal. (Photo by Octavio Passos/Getty Images)
João de Deus falou sobre a goleada sofrida para o Porto e mostrou-se incomodado com situação. Foto: (Octavio Passos/Getty Images)

Após a goleada sofrida por 3 a 0 para o Porto e ser eliminado da Taça de Portugal, João de Deus, auxiliar técnico de Jorge Jesus, treinador do Benfica, concedeu entrevista coletiva demonstrando incômodo com a situação de permanência ou saída da comissão técnica do Mister.

Quando questionado por uma repórter se poderia garantir novamente que ele, Jorge e o restante da comissão técnica cumpririam o restante do contrato com o Benfica. Neste momento, o auxiliar, de cabeça quente com o resultado da partida, respondeu que: "Perdemos um jogo, é verdade que estamos todos muito tristes e frustrados com o resultado. Mas a ideia, o intuito não se altera. Não vivemos do estado de espírito, ok? Vivemos do trabalho diário, das conquistas, quando conseguimos ter, e vivemos de melhorar e tentar melhorar a cada dia. Portanto, é uma questão que sinceramente... Eu posso lhe responder: digo que sim, mas acho que nem vale a pena".

Leia também:

Sofrer três gols do Porto, com um jogador a mais durante maior parte da partida, aumentou a pressão para cima de Jorge Jesus no Benfica. Torcedores que já haviam balançado lenços brancos no Estádio da Luz, gesto característico de desaprovação do trabalho de treinadores em Portugal, foram às redes sociais criticar Jorge Jesus.

A reunião de Mister com Marcos Braz e Bruno Spindel, vice de futebol e executivo do Flamengo, desagradou os dirigentes do Benfica. Os cartolas brasileiros estiveram no Estádio do Dragão e acompanharam a derrota dos Encarnados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos