'Estava 3 a 0': Santos reencontra rival que o fez perder a liderança

Arthur Faria*
LANCE!
Equipes empataram em 3 a 3 no primeiro turno (Foto: Divulgação/CBF)
Equipes empataram em 3 a 3 no primeiro turno (Foto: Divulgação/CBF)


'Estava 3 a 0...'. Se você é torcedor do Santos certamente já falou esta frase após o dia 25 de agosto, data em que o Peixe abriu um sonoro 3 a 0 sobre o Fortaleza, mas deixou escapar a vitória nos minutos finais na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. O tropeço fez o Alvinegro perder a liderança da competição para o Flamengo.

Nesta quinta-feira, às 20h, no Castelão, o Santos reencontra o Fortaleza com algumas mudanças na equipe titular. Os laterais Jorge e Victor Ferraz serão substituídos por Felipe Jonatan e Pará, respectivamente. Felipe Aguilar, titular no jogo do primeiro turno, está em má fase. Luan Peres e Luiz Felipe brigam pela posição.

No ataque, Marinho, autor de um dos gols do empate em 3 a 3, está suspenso. O paraguaio Derlis González e Tailson disputam a vaga do camisa 11 para completar o trio com Eduardo Sasha e Soteldo.

TABELA
> Veja classificação e o simulador do Brasileiro clicando aqui






- Não tem (clima de revanche), claro que foi frustrante pela maneira que conduziu. Abrimos 3 a 0, em questão de pouco tempo levamos o empate. Saímos chateados, mas não pensamos nisso. Queremos entrar, fazer o nosso melhor e ganhar. Queremos bater o recorde com mais pontos na história do Santos dos pontos corridos, conquistar o segundo lugar para entrar uma grana boa - falou um dos titulares da zaga, Lucas Veríssimo.

Ao lado de Marinho, o zagueiro Gustavo Henrique também está suspenso. O meia Cueva permanece afastado até o fim do ano por ato de indisciplina. O lateral-esquerdo Jorge completa a lista após ter um incômodo no joelho direito.

O Santos deve ir a campo com: Everson; Pará, Luan Peres (Luiz Felipe), Lucas Veríssimo e Felipe Jonatan; Alison (Diego Pituca), Carlos Sánchez e Evandro; Tailson (Derlis González), Eduardo Sasha e Soteldo.

Em segundo lugar, o Santos está empatado em número de pontos com o Palmeiras, 68, mas leva a melhor em vitórias: 20 a 19.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também