'Empate nos obriga a tentar ganhar do Santos fora', diz Abel Braga

Valinor Conteúdo
LANCE!
A Raposa tentou quase 50 jogadas de bolas aéreas e apenas uma teve real perigo (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)
A Raposa tentou quase 50 jogadas de bolas aéreas e apenas uma teve real perigo (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)


A coletiva do técnico Abel Braga tinha ares de “velório” após o empate do Cruzeiro diante do Avaí em pleno Mineirão, por 0 a 0, complicando a situação da Raposa, que mesmo deixando a zona do rebaixamento, com 36 pontos, ainda não abriu distância da “degola”, já que o Fluminense, 17º colocado, tem 35 pontos e qualquer tropeço, pode devolver o time celeste para o Z4.

O frustrante resultado do Cruzeiro quebrou um planejamento da equipe para os próximos três jogos que poderia colocar a Raposa em uma situação mais confortável na luta contra o descenso. A ideia de Abel era vencer Avaí e CSA, jogos em casa, e arrancar um empate diante do Santos, na Vila Belmiro, no próximo sábado, 23 de novembro, às 21h, pela 34ª rodada.

Segundo o treinador, a igualdade em casa, vai obrigar o time a buscar os três pontos fora de seus domínios, contra uma das equipes mais fortes do campeonato, que está na terceira colocação com 65 pontos.




-A nossa ideia nesses três jogos era fazer sete pontos. Vencer Avaí e CSA no Mineirão e empatar com o Santos. Agora, com esse empate em casa , ficamos obrigados a tentar vencer na Vila Belmiro para manter o esquema de sete pontos- disse Abel

Questionado se há algum desespero no elenco e no clube, Abel tentou colocar “panos quentes” e demonstrar que a situação ainda depende do próprio Cruzeiro para escapar do rebaixamento.

-O Cruzeiro depende dele próprio. Essa insatisfação , essa dor não é só da arquibancada. É nossa. Estamos em um grande clube. Esses jogadores já ganharam muita coisa. Os resultados da rodada, nos ajudaram e não morremos. Não queríamos essa situação. Mas, vamos lutar para sair dessa- completou.

Cruzeiro e Santos será no sábado, 23, às 21h, na Vila Belmiro. O Flu, seu rival mais direto no momento contra o Z4 terá pela frente o CSA na segunda-feira, 25, às 20h, no Rei Pelé, em Maceió.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também