'Em dívida com a torcida', São Paulo pode ver público cair pela 5ª vez

Fellipe Lucena
LANCE!
Morumbi terá público baixo mais uma vez nesta quinta (Foto: Divulgação/São Paulo)
Morumbi terá público baixo mais uma vez nesta quinta (Foto: Divulgação/São Paulo)


O Morumbi deverá receber público pequeno no jogo entre São Paulo e Vasco, às 20h30 desta quinta-feira: menos de 10 mil ingressos foram vendidos até o momento. Pode ser a quinta vez consecutiva que o número de torcedores no estádio do Tricolor diminui.

A queda começou após a vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, na 25ª rodada do Brasileirão, quando 37.561 pessoas foram ao Morumbi. Depois disso, foram 20.763 pagantes contra o Avaí (vitória por 1 a 0), 18.815 contra o Atlético-MG (vitória por 2 a 0), 17.650 contra o Fluminense (derrota por 2 a 0) e 13.795 contra o Athletico-PR (derrota por 1 a 0).

A média de público do Tricolor no Brasileirão ainda é boa (30.377 por jogo), mas está abaixo de Fortaleza (31.854), Corinthians (33.573) e Flamengo (54.093).

O desânimo da torcida está diretamente ligado ao desempenho decepcionante do São Paulo em sua casa ao longo de 2019. Com oito vitórias, nove empates e quatro derrotas, o time tem 52,3% de aproveitamento no Morumbi. Considerando a pontuação atual do futebol, com três pontos para vitória e um para empate, esse índice em jogos oficiais só fica à frente dos seguintes anos: 1979 (51,5%), 1976 (50,7%), 1964 (42,4%) e 1960 (50%).

Ou seja, o Tricolor não era tão fraco como mandante desde 1979.

- É a nossa casa, é onde a gente tem que ser mais forte. Realmente a gente oscilou muito durante o ano, não conseguimos ter o melhor aproveitamento possível dentro da nossa casa. É tratar de fazer esses seis pontos e reverter essa situação, fazer valer o peso da nossa casa. A gente sabe que está em dívida diante do nosso torcedor por não ter feito o melhor dentro de casa - disse o goleiro Tiago Volpi.

Houve protestos da torcida nos últimos dois jogos no Morumbi, as derrotas para Fluminense e Athletico-PR, mas Volpi espera que dessa vez haja apoio das arquibancadas o tempo todo:

- Lógico que o torcedor está insatisfeito, e com razão, pelo momento que a gente tem passado principalmente nesses últimos quatro jogos. Mas a gente espera o apoio, porque eles são fundamentais para nós dentro de campo. A gente espera que eles possam estar ao nosso lado nos ajudando a conquistar a vitória. Se o campeonato terminasse hoje, a gente estaria em zona de classificação direta para a Libertadores. Por mais que o ano não tenha sido tão bom, temos que nos apegar nisso agora, estar todo mundo junto para conseguir esse objetivo.











Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também